9.3.11

ADEUS BRASIL

Gentileza da nossa "agente em Fortaleza", passámos para a classe executiva no voo de regresso. De surpresa em surpresa, acabámos a descolar no cockpit, desta vez gentileza do comandante. Sete horas com tratamento VIP. Excelente refeição e, imaginem, consegui passar pelas brasas, eu que nunca durmo em avião. Lisboa tremia de frio. Mas voltar sabe bem. É bom viajar para poder regressar. Home sweet home!

13 comments:

Eduardo P.L said...

Que SORTE!! E que festa de luzes é essa cabine!!!!

Mena G said...

Que inveja!!!!
:)

João Menéres said...

Também já vim com a família ( 5 pessoas) de Nova York.
É caro, mas é uma comodidade, sem dúvida !
No cockpit...só aterrei em Santa Maria, mas de dia.

Dou-lhe os parabéns por ter "acertado" no voo !

expressodalinha said...

JOÃO: EU NÃO PAGUEI MAIS.FOI UM UP-GRADE DE SIMPATIA.

João Menéres said...

Tinha percebido, JORGE...
Mas deu para ver a diferença, não deu ?

Um ab.

Anonymous said...

Boa chegada.
É excelente saber-te de volta com tanta coisa nova para contar.
Apadao

Li Ferreira Nhan said...

Jorge, vc nasceu com "ele" virado pra a lua! Baita sorte!

peri s.c. said...

Nada como estar e conhecer as pessoas certas .
Incrível a cabine à noite .

expressodalinha said...

Apadao: já te contei tudo (ou quase).

expressodalinha said...

Li: de facto, nasci com sorte :)

expressodalinha said...

Mauro: uma sorte danada e bons conhcimentos.

Mar de Bem said...

Estavas na hora certa, no sítio certo e com as pessoas certas!

expressodalinha said...

Pois foi, Margarida. Felizmente era o sítio bom.