1.4.11

ABELHAS EM NOVA OEIRAS



Estava eu a jardinar, uma nuvem de abelhas me envolvia. Como não sou de ligar, continuei. Cada vez eram mais. Enfim, eram mesmo muitas demais. Olhei. No arbusto ao lado, um enxame protegia a rainha. Milhares de abelhas bravas (será que há mansas?) em cacho, como nos desenhos animados. Parece que nos alvores da Primavera, as rainhas novas saem da colmeia para fundar novos reinos. Escolhem um dia de calor e sem chuva. Levam atrás um séquito de obreiras e zangãos. Enquanto não encontram um poiso definitivo, fazem paragem num local acolhedor. Provavelmente, amanhã já cá não estão. As obreiras pesquisam. Quando encontrarem um buraco de árvore ou um telhado simpático, emitem um sinal e o enxame parte para morada definitiva. Se eu tivesse uma caixa de madeira com um pequeno orifício e deitasse mel ou cera para dentro, elas voariam para lá e ficariam "domésticas". As abelhas estão em extinção. Nunca tinha  visto um enxame aqui em casa. Será que estão a ficar urbanas? A fugir para a cidade? Ou é da crise?

7 comments:

Eduardo P.L said...

Cuidado, lembra-se daquela que pegou, pensando que estava morta?

João Menéres said...

Interessantíssima a sua postagem !
O que nós aprendemos com um homem da cidade...

expressodalinha said...

Eduardo: ainda tenho a marca.
João: foi o que me disseram.

Mena G said...

Esta não tirava eu...

daga said...

com que então "não és de ligar" a abelhas?? que te envolviam ??
Não acredito ;) as fotos estão assombrosas! Segundo li estão a fugir das radiações dos tms, logo não deverá ser para a cidade, só para o teu jardim :)
beijo

Li Ferreira Nhan said...

Jorge,
há alguns anos ocorreu isto no meu jardim. Minhas filhas eram pequenas e eu tinha 6 cachorros que correram um sério risco de vida.
Tivemos que chamar um senhor (era português) indicado pelo IBAMA para vir com esta tal caixinha e remove-las. Por aqui as abelhas são protegidas por lei.
Com este senhor aprendi a ficar próxima das abelhas e a perder o medo delas.
Elas foram removidas para a fazenda deste tal homem que possuia uma criação.
Ele disse o mesmo que vc relatou; elas encontraram um bom lugar de passagem e descanso para seguir viagem a outro em definitivo.
O fato ficou em nossa memória pelo tamanho do enxame, pela união, organização, trabalho e proteção que as abelhas possuem.

Deusa said...

Jorge
Fiquei aqui olhando suas fotos e pensando ...
Como deve ser dura a rotina das abelhas operárias ,sempre tão disciplinadas ,sempre tão metódicas e de extrema ordem no seu trabalho...