1.5.11

MÃE HÁ SÓ UMA

A minha mãe é um bicho raro. Difícil de apanhar. Quase impossivel de fotografar. A minha mãe existe desde que eu me lembro. É a minha memória mais antiga. Nunca precisei de a fotografar porque ela vive dentro de mim. Gostava de ter a coragem para lhe dizer isto e sei que ela gostaria de ouvir. Somos dois bichos raros, com afectos escondidos. Havemos de nos separar assim...

Slide de 1970. Praia da Rocha, Algarve.

24 comments:

Maria de Fátima said...

hei-de dizer-te do que sei...

myra said...

linda tua mae e as tuas palavras muito, tambem...
beijossssssssssssss

Mena G said...

Bem bonito, Jorge. Afinal, todas as mães são bichos raros...

daga said...

linda foto lindas palavras! sei como é ter "afectos escondidos", não conseguir exprimir oralmente, directamente ... mas cada um faz o que pode e esta homenagem é um espectáculo :))
beijos

João Menéres said...

Diga-lhe enquanto é tempo, homem !
Caso contrário, não vai viver bem.
NUNCA MAIS.

Respire fundo e FORÇA, JORGE!

Eduardo P.L said...

Tome a iniciativa e DIGA TUDO! Ela vai gostar de ouvir, e você sentirá um grande alívio e prazer eterno! Mãe só se tem uma, e aproveite enquanto tem! Elas tem direito a TUDO, e nós é que a ela DEVEMOS a vida! Diga TUDO! Ela é linda!

João Menéres said...

Tem a certeza que é Albufeira ?
Parece-me outra...
RsRsRs...

Lis said...

Me reconheço nas suas palavras quanto aos afetos.Mãe não a tive e com o pai nunca soube amá-lo, expressando-me!
nos separamos mal , portando posso
aconselhá-lo tens coragem sim -
"até quando será possível dizer aos que os amaamos que os amamos?"
Vá lá , é fácil, voce sabe!
abraços Jorge

expressodalinha said...

Obrigado a todos pelas palavras. A verdade é que às vezes sem palavras fala-se melhor... Mas tem alturas em que é importante saber expressar os sentimentos.

João Menéres said...

Então, JORGE, já verificou que não é Albufeira ?...

expressodalinha said...

Pois, de facto agora não parece. Mas então onde é? A sério que não sei...

João Menéres said...

É a PRAIA DA ROCHA !
Entãonão reconhece o Hotel Algarve, agora da Solverde?
E ao fundo o Arade...

Nessa altura, o Algarve era mesmo ALGARVE !
Meia dúzia de barracas e não guarda-sóis...

Não terá outros slides da época ?

Li Ferreira Nhan said...

Linda foto da sua mãe Jorge.
É verdade, nós as mães somos bichos raros.

Falar ou calar
são escolhas responsáveis e difíceis.
beijo

expressodalinha said...

João: claro!!! Vou ver andam por aí mais slides. Hesitei qd vi a foz. Albufeira não tem.

expressodalinha said...

Li: obrigado por entender.

João Menéres said...

Não falando das alterações criminosas que o homem fez CALMAMENTE em toda a costa, é incrível como ainda no outro dia ( que são 41 anos para mim ? ), a ROCHA era FABULOSA !!!
Queria referir-me às alterações naturais e ia esquecendo :

Já viu o pouco areal que havia lá ao fundo, junto da
Fortaleza se Santa Catarina?
Hoje, nas marés vivas, fica mais de 4 vezes à vista!
E, entretanto, continuou o assoreamento de toda a praia.
Há dois anos, comprei uma foto ( ± com setenta anos de longevidade) que mostra uma grande e altaneira rocha a meio do areal, perto da fortaleza.
E está lá ainda. Apenas as areias não a quiseram desnuda.

expressodalinha said...

Pois o que baralhou foi a falta de areia. De facto é inacreditável. Nesta altura ainda não havia os pontões. Certo?

expressodalinha said...

Ah, e o slide está invertido... ou não?

João Menéres said...

Entre o mar e o rio já existia o molhe ( que está à vista).

João Menéres said...

O seu slide invertido ?
-Era o que faltava !

A fotografia foi feita ali no miradouro, pertinho do Hotel Boa Vista e tirada já à tarde.

João Menéres said...

Queria dizer Hotel Bela Vista !

expressodalinha said...

OK. Conheço mal a Rocha. E agora já é tarde...

João Menéres said...

Foi uma praia chiquérrima !
Agora, em Agosto é invadida por todos os géneros.
Só nas espreguiçadeiras se está ± bem.
Mas, fora desse mês, vale a pena conhecer a praia, JORGE !

expressodalinha said...

Lá irei.