12.9.11

SER POLÍTICO - A DÉCADA DE BIN LADEN

Bin Laden pretendia refundar um califado mundial islâmico. Para isso tinha de conseguir a união dos países muçulmanos. Numa estratégia absolutamente inovadora, Bin Laden escolheu atacar os USA, na esperança que isso provocasse uma retracção americana e uma retirada do mundo árabe. Enganou-se. Os Estados Unidos expandiram o seu poder mundial. Aumentarm a sua hegemonia. Bin Laden foi morto. Centenas de dirigentes da Al Qaeda foram exterminados nos últimos dez anos. A Al Qaeda não desapareceu, mas está substancialmente mais fraca. Os "movimentos de libertação" do Norte de África não apoiam a Al Qaeda. A estratégia da Al Qaeda foi derrotada. Resta saber até que ponto a crise económica mundial não começou a 11 de Setembro de 2001. Os USA aumentaram os gastos de forma exponencial. Hoje estão, económica e socialmente, asfixiados. A falta de comparêcia na revolta líbia pode ser um indicador. Vamos assistir ao recuo dos USA?

3 comments:

daga said...

Não me parece... mas quanto à crise acho que começou aí sim! veja-se o dinheiro gasto nas guerras do Afganistão, Iraque etc, nas prisões onde mantinham os "terroristas", no plano para matar Bin Laden...

Eduardo P.L said...

Se os USA vão recuar não sei, e se a crise financeira foi motivada pelos descontrolados e desmedidos gastos da guerra contra o terror, também não sei, mas espero tenham aprendido a lição: não se pode tudo, contra todos, o tempo todo!

byTONHO said...



E.U.A.cho que
U.S.A.ram e
abU.S.A.ram...

Precisam de $angue!

Af.gana.estaram,
com a IRAque tem, IRÃo mais adiante... ainda!

:o)