10.10.11

UNIVERSIDADE DE LISBOA - REITORIA - I

Em 1960 é estabelecida legalmente a Cidade Universitária e em 1961 abre o edifício da Reitoria. Com desenho dos arquitectos Porfírio Pardal Monteiro e António Pardal Monteiro, este edifício é decorado, no exterior, por desenhos de Almada Negreiros. No interior, a decoração do átrio da entrada principal consiste nos painéis em mosaico do pintor António Lino Pedras e em vitrais de Lino António. A guarda da grande escadaria do átrio dos Passos Perdidos é da autoria do escultor José Farinha. É ainda neste edifício que está localizada a célebre Aula Magna. Projectada para os grandes acontecimentos da universidade, ela é usada para os mais variados eventos culturais e sociais, sendo considerada uma das melhores e mais importantes salas de espectáculos de Portugal. O seu interior foi desenhado por Daciano da Costa.

6 comments:

João Menéres said...

Com muito interesse estas duas postagens, JORGE !
Gosteide ver.

Um abraço.

Eduardo P.L said...

Quanta gente importante!

Anonymous said...

ahhhh se todas as "universidades da vida" tivessem semelhante decoração ...

Silvares said...

Uma arquitectura que esmaga com suavidade.

Anonymous said...

Juntamente com a Statione Termini de Roma, os edifícios da Universidade de Lisboa são peças arquitectónicas que aprecio e que , na minha opinião,constituem exemplos de que os regimes totalitários europeus dos anos 30 não produziram apenas arquitectura retrógrada e fascista.
Ortega

expressodalinha said...

EU GOSTO BASTANTE. lEMBRO QUE FOI LÁ QUE FIZ A MINHA FACULDADE.