11.5.12

COMENTÁRIOS QUE VALEM UM POST - A PROPÓSITO DO PÉNIS



João Menéres said...

Penímetro, diria eu !...
E o diâmetro ?
Ninguém aborda tal especificidade ?

Blogger Silvares said...
Já comentei no varal que a representação pictórica de divindades tem por norma a idealização. Não sabia que a voz grave é relacionada com a dimensão do dito cujo. Vou beber mais bagaço a ver se a coisa resulta.

Anonymous Anonymous said...
E assim anda a Humanidade
Desde que o mundo é mundo
Não interessa a qualidade
Só que cheguem bem ao fundo

Teremos a espécie preservada
Muitos bebés nascerão

Com ela longa ou encurtada

       Só não pode ficar na mão  

myra said...


...nao me lembro...:)

Fatyly said...
Quanto à foto...podias ter posto antes a do Jorge Tadeu...aiiiiii como embirro com essa tal flor!

Anonymous Anonymous said...
Ah, acredito que o sucesso do Jorge Tadeu com as mulheres não tem nada a ver com o tamanho do dito. Não mesmo!
Li



Anonymous said...

Pois não percam a esperança
Aqueles com ele pequenininho
Se mais parece de criança
Esperem que ele fique velhinho

Se vai crescendo com a idade
Há um real perigo constante
Se já longo na mocidade
Aos cem será de elefante


Anonymous Maria de Fátima said...
o que eu me cultivo aqui
o que eu sei que não sabia
ele é pénis, é nariz
até a esquecida orelha
vem à conta do tamanho

um dia destes, alvitro,
neste blog ou num que tal
aparece uma rubrica
"o seu pénis no varal"


Anonymous peri s.c. said...
Cresce desde a mais tenra idade.
Veja essa quadrinha :

" Quando eu era pequenino
e não tinha o que fazer
acariciava meu pintinho
e ele começava a crescer "


Claire said...
murchamos e crescemos! Hummm !!! com a secagem as orelhas pendem os pés achatam o nariz descai a pila badala

byTONHO said...

A imagem parece uma 'Chaise-pênis-longue'?!



BloggerEduardo P.L said...
O que me chamou atenção foi o número de poetas, que apareceram para comentar em rimas e versos, as faculdades do membro masculino, de tão má aparência estética, que é evitado nas esculturas e pinturas do século passado, fato que deu origem à todas essas postagens! É bem verdade que o estado psicológico do Jorge também colaborou!!!


Anonymous said...
Felizes os de tamanho certo
Com funcionamento a preceito
Queria assim ter um por perto
Quando à noitinha me deito

Disse Dona Myra com sabedoria
Que ele tem de ser carinhoso
Saber amar para manter a magia
Dum acto sublime e maravilhoso



Mena G said...

Isto está a dar pano para mangas! :)))
Algarvio:
"Que o moçe se aquemode
e sossegue por um tempinhe
primero vai ser precise
que mije de arquinhe."


Blogger myra said...
voce é demais:))) e vejo que continua, bem cada louco com sua mania:)))))
beijos meu querido obsessivo amigo amado Jorge:)))))



Ao longo da semana falámos sobre o pénis. Uma conversa como qualquer outra e que pode suscitar os comentários mais interessantes. Isto dava um livro. Apresento aqui aqui uma selecção (nalguns casos, resumidos). Desta vez abordámos a quantidade. Um dia destes falaremos da qualidade!


Fotografia enviada por José Luiz Fernandes (via Drops Azul Anil)


12 comments:

Anonymous said...

Jorge vc soube muito bem conduzir o dito cujo, o assunto. Aliás como sempre vem conduzindo o Expresso; com absoluto sucesso!
Obrigada por todas as horas que fartei-me de rir por aqui. Sem contar o aprendizado!
Ah, durex=camisinha, correto?
beijos,
Li

João Menéres said...

As marcas dos meus sapatos estão à direita.
Com a idade que tenho ( 77 ), sou obrigado a ter muita atenção a uma pinguita ( não é de vinho ...) tardia.

Um abraço, JORGE !

Eduardo P.L said...

Parabenizo o Jorge, grande CONDUTOR deste Expresso, que não sai da linha, mesmo quando o tema é tão delicado como este! Grosso na espeçura, longo no comprimento, rígido na textura, o "tema" foi explorado em todos os seus aspectos!

Anonymous said...

Parece que vai encerrar
Assunto tão importante
Portanto quero abordar
Algo muito relevante

Ao se falar do dito cujo
Tivemos unanimidade
Não pode ser ele sujo
Deve ter actividade

Falaram do seu comprimento
Da textura e da espessura
Do seu ou não crescimento
Sem tabus e sem censura

Foi o coiso esmiuçado
Do avesso e do direito
Um detalhe não lembrado
Deixou e debate imperfeito

Quero um esclarecimento:
É burra e tola vossa pilinha?
Não ouvi em nenhum momento
Falarem-lhe da cabecinha


(i.m.p.e.r.d.o.á.v.e.l)


:):):)

João Menéres said...

Anonymous


LOL LOL LOL

Parabéns pelas POPULRES QUADRAS !

Lembrei-me das cantigas ao desafio !

Será um beijo ou um abraço que aqui vou deixar ?

Maria de Fátima said...

eheheheh belas quadras!!sempre!!

myra said...

adorei os comentarios, e a foto, mas...acho que chega falar do dito cujo..e pqe nao falar de"nòs", o contrario:))))do penis:)))) deve ser dificil...

João Menéres said...

Dificíl não é !
Pode é ser delicado por nos pôr a careca ao léu...
( desvendar segredos passados !...)

Um beijo.

Helena Oneto said...

Excelente:)!

expressodalinha said...

Myra: já tinha pensado nisso. Eu não tenho qq problema. Uma dia destes vai.

Anonymous said...

João Menéres:

Deixe os dois que serão benvindos.
Convido-o para uma desgarrada. Dê o mote. Uma quadra aí, outra aqui.

:):):)

Fatyly said...

e foi de facto genial:):):)