2.7.12

DECLARAÇÃO DE INTERESSES

Ando com muita falta de paciência para a política e muito mais para escrever sobre ela. Os jornais só trazem más notícias e os telejornais escândalos e desgraças anunciadas. Há uma overdose de comentadores que estão por todo o lado e que sabem tudo de qualquer coisa, quase nos impedindo de ter opinião própria. Os blogues andam cheios de gente a desabafar mais do mesmo e a crise não ata nem desata. Toda a gente tem opinião e eu também. Acontece que não me apetece dizer qual é. Estou a passar uma fase de puro hedonismo quase epicurista. Pode ser o "síndrome  do Titanic". Não sei e, sinceramente, não quero saber. Tão cedo não vou escrever sobre essas maçadas da crise, nem sobre essas chatices da política. Para já, vou dar-vos Sol e petiscos. 

19 comments:

João Menéres said...

Pelos vistos, ainda está pelos Reino dos Algarves !...
Tinha um "convite" para si ( que mantenho, claro ) para o meu post de Bragança.

Esteja descansado que eu já tenho medo de opinar há tempos...

Um abraço com saudades de ver as suas imagens !

João Menéres said...

Na política, é como em casa onde não há pão.
Todos ralham e ninguém tem razão.

Mena G said...

"Mai nada!"
E fosse vivo o "Raul de Alvor" para rogar uma praga.
À politica, claro.:)

Silvares said...

Uma choldra!

Li Ferreira Nhan said...

Sol + petiscos= tudo de bom!
Obrigada!
;)

Maria de Fátima said...

o que me deliciou neste post, eu que há muito deixei sequer de tentar perceber(-me) se é desinteresse, preguiça, falta de paciência ou mesmo senilidade (precoce, claro!)
dizia eu, que o que me deliciou foi a cor sublime dos sapatos e atendendo melhor, será pelo azul e pelo cor de vinho rosado do tapete
(não te deixaste ver e eu perdi um belo bocado...)

Maria de Fátima said...

e torno,
que a verve e o colorido distrairam-me do fundo do cenário e mais da porta, mas nada que suplante o alaranjado choque dos sapatos

myra said...

nao opino faz tempo...ja estou deprimida sem...
bjos

Eduardo P.L said...

Jorge, como bem disse (quase tudo) a nossa amiga Maria de Fátima, o cenário escolhido para tal DECLARAÇÃO é ótimo. Melhor do que 1000 palavras é essa sua imagem!
Parabéns! Cheia de humor, e informações "nas entre linhas"....

Paulo said...

1-Ninguém faz ideia e como inverter esta recessão. Não queria ser político nesta ocasião, deve ser difícil e incómodo. Por outro lado ser comentador é facílimo: o assunto tem "pano para mangas".
2-Para cultivar o hedonismo é necessário ter feitio para isso e renda certa ao fim do mês. Aconselho mais os ensinamentos de Zenão de Cítio ministrados sob os pórticos de Stoa em Atenas (estoicismo). Vou ali dar uma volta no Titanic e já volto.
ps: Myra, não esteja deprimida, somos deuses e estamos apenas de passagem, nem precisamos de opinar.

expressodalinha said...

João: vou ver o Grifo...

expressodalinha said...

Fátima: não conseguimos falar contigo. Não tarda volto. Estava a ver que ninguém reparava nos sapatos :))

expressodalinha said...

Eduardo: gosto muito da Amália a vigiar.

expressodalinha said...

Myra: O Paulo tem razão. Somos deuses!

João Menéres said...

É óbvio que davam bem nas vistas !
Mas, eu sou muito discreto, não é ?...
Também vi que na sanita não estava ninguém...

Obrigado se anuir !

António P. said...

Caro Jorge,
Gosto dos sapatos latranja :)
O desinteresse é um primeiro sintoma para que outros façam o que queiram.
Quanto aos comentadores:
- sempre existiram, se calhar (caro Paulo) é por ser fácil;
- e ainda bem que contiuam a existir;
- e, como tudo na vida, há os bons, os assim-assim e os maus.

Quanto às maçadas (e não massadas)da crise:
- há os que a sentem na pele e que se calhar não são comentadores (não têm nem tempo, nem dinheiro)
- e os que a observam e podem dedicar-se à filosofia
...mais uma vez ainda bem.

Finalmente a crise não existe porque os jornais ou nós falamos dela, ela existe mesmo na realidade, no dia a dia de muitos que nunca viveram em zonas de conforto e que agora alguns dos que nos governam dizem que têm de sair da zona de conforto.

Abraço e continua a divertir-te :))

expressodalinha said...

António: não tenho dúvidas qt ao que dizes. Apenas não me apetece falar disso... agora.

Fatyly said...

Aplaudo-te de pé...e a pretensão é mesmo essa: de nos tirarem o prazer pelas coisas simples da vida e assim ficarem com um povo amedrontado/desanimado/depressivo e sem reacção.

Não vou por aí. Força!

PS: tens uns ténis lindíssimos...empresta-me um cadinho que vou ali a cima para ver se são cómodos:)

expressodalinha said...

São super cómodos. Não digo a marca porque não me pagam para isso.