8.11.12

UM DIA EM LISBOA - I

Num dia em Lisboa passa-se muita coisa. Da frente para trás ou de trás para a frente, as imagens saltam na visão da objectiva. Coisas que o olhar não vê. Só a câmera alcança. A luz estava óptima e no fim há surpresas. Façam a viagem comigo. Lisboa é infinita.

5 comments:

Eduardo P.L said...

Bonita luz, mesmo!

Li Ferreira Nhan said...

Baixa?
...
:)

expressodalinha said...

Yes.

João Menéres said...

Estou pronto, Jorge !

peri s.c. said...

De fato, tem suas infinitudes.