13.1.13

LISBOA NOVAMENTE



Estátua do poeta Chiado. Largo Camões. Igreja de Nossa Senhora da Vitória.

8 comments:

myra said...

belezas e sempre belezas!

Luísa said...

Depois de ler o poeta, viajar e orar por Lisboa, sabe bem repousas nas Docas...ou será agitar, nas docas?

expressodalinha said...

Agora a agitação transferiu-separa o Cais do Sodré.

Eduardo P.L said...

Os famigerados FIOS a estragar as paisagens!!!!

expressodalinha said...

Eduardo: os cabos/fios neste caso são uma teia de aranha.

vandafliess said...

Ver essas tuas fotos só faz aumentar minha saudade de Lisboa - cidade tão querida. Saudade de andar pelo Chiado, ver o Tejo, passear pelo Bairro Alto, sentar à mesa pra comer e beber e conversar com meus amigos daí... Lembro da minha última noite na cidade e aquela sensação estranha de não saber quando voltaria a caminhar por aquelas ruas e estar com meus amigos tugas... Saudade... Saudade....

conceiçao Duarte said...

Eu curto muito suas fotos!
bjs
CON

expressodalinha said...

Obrigado Conceição. Faz-se o que se pode :))