7.2.13

UM PAÍS ADORMECIDO

Portugal está estagnado. O governo faz contas de sumir e alegra-se como se a austeridade fosse um crédito renovado do Pai-Nosso hipotecado. A oposição intriga-se a si própria no refugado enquistado do tacho queimado. O povo adormecido espera duodécimos na paz do Senhor. Ninguém entende o abismo. Há uma hipnose colectiva que espera pelo futuro para resolver o passado. E vamos sorrindo nas notícias hipnóticas dos telejornais decandentes que nos povoam a sobremesa.   

11 comments:

Fatyly said...

Fizeste um retrato fiel do país e o "povo adormecido" ainda irá votar neles...não aprendem!

João Menéres said...

E haverá alternativa minimamente credível ?

Para já, Jorge, ainda vamos comendo sobremesa...

...mas estou 100% de acordo com a sua análise !

Um abraço.

Li Ferreira Nhan said...

Credo!

Luísa said...

Com muitos "credos", vamos andando e vendo...
A verdadeira foto da corrupção de um país medíocre está a ser retratada na SIC, à hora das noticias da noite...
Um roubo declarado aos bolsos de quem muito trabalhou e juntou algum dinheiro.
O melhor sentido é o da saída.
;-(

myra said...

que coisa:((((!!

Anonymous said...

Ao Belo Adormecido o que falta, para acordar e viver um grande amor, é apenas um beijo ...

Silvares said...

Alternativas credíveis não haverá, se continuarmos à procura de respostas segundo as premissas habituais.

daga said...

"estagnado" e "adormecido", Portugal abdicou da sua independência, do seu orgulho, da sua soberania...

expressodalinha said...

Rui: concordo inteiramente.

mauro m said...

Para o eterno conforto das classes dominantes( econômicas/ políticas ) os povos estão eternamente adormecidoa .
Salvo em raríssimos extertores - manipulados, claro .

expressodalinha said...

De extertor em extertor...