7.8.13

COMENTÁRIOS QUE VALEM UM POST

Blogger          Eduardo P.L. said...
O blog esta vivo, tem leitores, tem quem comente, tem quem, como eu, comenta a postagem da crítica e sua justificação. O que se pode esperar além disso numa ferramenta de comunicação social?
Fatyly said...

Quando li o comentário (leio todos os comentadores) deixou-me a pensar e se fosse amigo dos dois tal como refere Eduardo PL (que também entendo o seu comentário) ai diria de caras, porque os blogues podem ser ou não, o estado de alma de cada um e Jorge se és "pequeno-burguês" e mostras o que te faz distrair desta "crise dantesca deste país NADA NORMAL" , porque não aproveitar e partilhar?
 Delete

Quem conhece no real as pessoas e tem muita estima por elas, aprecia saber como passam o tempo, onde comeram, com quem estiveram, onde vão e por aí fora...
Claro que se o blogue de uma dessas pessoas que conhecemos na vida real, só disso tratasse, o interesse depressa se esvaía !

 
Delete
daga said...
O que é "normal"??? O que é "ter uma vida tranquilinha"??
será que um avô não pode filosofar sobre a fragilidade da condição humana enquanto almoça com os amigos? será que gostar de crianças anula o revolucionário que existe em cada um de nós?
 
Delete
 
          Li Ferreira Nhan said...

Creio que o tema "O Normal Interessa" saiu mesmo de suas reflexões.
Mas aí fica a pergunta, o que é "normal" ?

Agora, quanto ao público do "ter sempre um lado negro", "da angustia do ego" , do "permanente desassossego", ultimamente, para minha própria saúde, procuro não ir muito a fundo.
 
Delete
Anonymous said...

Um blogue pode ser um palco onde o actor principal é o seu dono. Os coadjuvantes são aqueles que o comentam, tal como eu. Todos representamos, nos blogues e fora deles. A vida é uma peça teatral, sem tempo para ensaios.
Delete
 
Delete
Paulo said...
O que eu (às vezes) critico neste blog é o ambiente demasiadamente consensual entre blogueiro e blogantes assíduos. A polémica faz falta e pode ser praticada a propósito da normalidade ou a anormalidade.

9 comments:

Eduardo P.L. said...

Compactuando com a observação que o Paulo faz, de que há muito consenso entre o autor do blog e seus comentadores habituais, essa é uma prática comum a noventa e nove por cento, para não dizer 100% dos blogs. Quem visita os blogs são os amigos. Amigos, raramente fazem comentários contundentes em público. Se reservam o direito de fazê-los, e os fazem, por e-mail ou outro instrumento particular e pessoal. Caso contrário, não é amigo. Por essa razão passa ao Paulo que nós não discordamos nunca. Mas é assim que funciona. Por outro lado tenho certeza de que o Jorge esta usando o comentário original do Gustavo como pretexto para polemizar onde não ouve ofensa nem crítica destrutiva. Apenas um comentário mais áspero e irônico, característica do Gustavo,no tocante ao " veleiro". Nada de mais. Mas o Jorge ao se fazer de "ofendido" esta gerando novos e oportunos posts e consequentes comentários. E isso, volto a repetir, é blog saudável, vivo, dinâmico, interessante, vibrante, e só fará aumentar seu interesse por novas visitas e novos comentários. Ou estou errado?

Jorge Pinheiro said...

Não estou rigorosamente nada ofendido. Ao longo destes anos, foram muito raros os momentos em que crispei. Talvez a questão das fotos e dos direitos de exibição tenha sido um dos poucos. Neste caso até acho que o comentário tinha apenas uma ligeira ironia que agradeço, pois é um alerta. De facto, ao olhar para trás, vejo que, com a idade, vou ficando mais consensual. Não que isso seja mau em si mesmo, apenas pode ter menos interesse para quem me segue. Enfim, dúvidas de blogueiro que, afinal, são dúvidas de personalidade. Ainda bem que as tenho.

Eduardo P.L. said...

E como pode observar, meu caro Jorge, as visitas querem fotos de bebes, praias e flores. Quando os posts são a sério, para troca de ideias e opiniões...elas ( as visitas )somem. Vamos voltar ao normal. Vamos postar o de sempre, e vamos, como sempre, comentar o trivial. Assim caminha a humanidade.

Fatyly said...

Dou toda a razão ao Eduardo PL, para "troca de ideias e opiniões" o pessoal nem está aí...mas eu estarei sempre!

Eu que li o teu excelente blogue de fio a pavio só noto uma ligeira diferença:

Passaste a ser muito mais sucinto"ponto" As reflexões devem ser assim"ponto" as fotos têm apenas uma palavra como título "ponto"...percebeste?

mas a tua categoria está estampada em tudo e olha que se forem vasculhar verão que eu discordei com várias coisas, porque digo a verdade quando gosto ou quando não gosto.

Outra coisa...deverias pôr o teu nome ou do blogue nas tuas fotos e já te disse isso há tempões.

Um abraço aos dois

Anonymous said...

Se eu fosse o veleiro do Jorge não estaria aqui! Abriria minhas velas, que de tão brancas se confundiriam com nuvens e sulcaria oceanos, sem pressa e com muita simplicidade. Velejar é preciso. Navegar também é. Não sou veleiro. Não sou canoa. Tão pouco barquinho de papel. Navego na rede. Rede? Isso é coisa de pescador, de traineira. A minha é outra. Rede moderna, sem ser de pesca, que todos nós ajudamos a tecer e à qual damos o nome chique de Web. Naveguemos, pois, por essa teia ...
Não sou o veleiro do Jorge. Ah! se fosse, içaria a bujarrona e lá em cima, no lugar mais alto do mastro, poria, com muito carinho, o nosso querido papagaio.


:):):)

João Menéres said...

Só sei que o EXPRESSO DA LINHA é muito visitado e conhecido entre pessoas que nem o Jorge sabe.
P
PONTO

João Menéres said...

Não ligue ao P que não saiu em negrito !

myra said...

meus amigos, que e NORMAL? e quem e totalmente nrmal!!! se existe deve ser um ou uma CHATA!!! eu ja nao posso viver sem os blogs e meus amigos virtuais!!!!

Jorge Pinheiro said...

João: agora até fiquei assustado. Não me diga que o Cavaco Silva tb anda por aqui :))