23.3.16

CRÓNICAS DA TERCEIRA IDADE

Para quem é hipocondríaco a terceira idade é um verdadeiro maná. Todos os dias acordamos com uma qualquer dor que nos faz cismar. Não precisamos inventar. Agora sim, temos razões de queixa. As doenças potenciais estão por todo o lado. Fiz 64 anos em Setembro e desde aí tenho aproveitado da melhor forma o tempo. Já fiz duas ressonâncias magnéticas, umas quantas TAC, dois ou três Raios X. Análises ao sangue é todos os meses e a urina de 24 horas não escapou. Falhei a colonoscopia, mas a culpa não foi minha. A médica é que achou que não se justificava este ano. Ainda fiz uma série de sessões no quiropráctico, mas acabei nas agulhas e na fitoterapia chinesa. Agora percebo porque os brasileiros chamam a esta a "melhor idade"!

14 comments:

✿ chica said...

rsssssssssssssss...É "muito animada" mesmo,rs...Não faltam atividades! abração,chica

Li Ferreira Nhan said...

"Melhor idade" para médicos, laboratórios, hospitais e convênios.

João Menéres said...

Essa é a bata de um hipocondríaco ?
Vá lá que é VERDE...sempre é a cor da esperança.

João Menéres said...

LI

E aos 81 ?

Li Ferreira Nhan said...

Aos 81 João, a festa da "melhor idade", é mesmo muito farta aos bolsos dos médicos, laboratórios, hospitais, convênios, farmácias; faturam como nunca.
:)
Beijos!

daga said...

bem tive de vir aqui :) então é verdade... os "idosos" em geografia são só a partir dos 65, (como eu) espera mais um ano e depois Vai-te tratar ;)
beijo

João Menéres said...

LI

Não me queixo muito disso...
Só o trivial...

Eduardo P.L. said...

Jorge, tem muita estrada pela frente. Viver dói, mas não mata, enquanto dura.

Gustavo Alvarez said...

64? poxa Jorge, estás muito bem!

Gustavo Alvarez said...

Nelson Rodrigues, dramaturgo brasileiro, quando perguntado em entrevista o que diria aos jovens, algum conselho... apenas respondeu "envelheçam! envelheçam". E alguma áurea de curiosidade paira nessa brecha, nesse hiato de tempo. O estranhamento vem de repente. Vale o clichê "a Vida é assim mesmo"? Não sei se a vida... Enfim,

Abraço e

boa Páscoa


Gustavo

Jorge Pinheiro said...

Obrigado. Igualmente.

Poções de Arte said...

rsrs é uma aventura em cima da outra rsrs.
Abraços e ótima semana.
Márcia.

bea said...

Tá-me assustando home!
Mas sim, é verdade, o corpo desata a dizer por todos os poros que está ali. Coisas que a gente quase nem sabia que tinha, que funcionavam e isso bastava, na terceira idade resolvem levantar o dedo, querer atenção, e nós parvos de todo, olha também se podem ter dores neste lugar. Uma chatice.
Se andamos um bocadinho a pé, dói um joelho ou os dois, um calcanhar que sabíamos que tínhamos mas não tinha aberto a boca a vida inteira, uma anca que de repente fica mais alta ou mais baixa que a outra vá lá a gente saber porquê.
Enfim, não o maço mais com o que bem conhece, porque senão ainda piora e tem que fazer uns examezitos para acrescentar à bonita soma que sabemos. Que, fora as dores e os achaques, está todo bom:))

Jorge Pinheiro said...

Exactamente isso :))