17.1.17

COMIGO MESMO - XXXVII

Domingos Ferreira conhecia a zona de Bragança como ninguém. Foi ele que ajudou a dar as coordenadas cartográficas para mapear o distrito, procedendo ao levantamento topográfico à escala 1/20.000 de Bragança e seus arredores.
Domingos António Ferreira, o “avô Capitão”, nasceu a 10 de Agosto de 1897, em Bragança, na freguesia de Santa Maria. Filho de José Maria Ferreira e de Maria Cândida Ramos (meus bisavós e que ainda conheci em criança, moravam então no Porto). Morreu em 28 de Dezembro de 1985, com 88 anos, depois de ter morado aqui em casa em Nova Oeiras a partir de 1975, altura em que ele e a avó Olinda vieram por razões de saúde desta. A avó viria a falecer pouco depois, em 21 de Novembro de 1976. Aliás, a avó morreu cá em casa na sala da frente (a sala virada a Norte que lhe servia de quarto), coisa que me fez a maior das impressões. Nessa altura já eu estava casado pela primeira vez. Morava perto, na Torre D, de Nova Oeiras. Lembro-me de ver a minha avó morta, muito fria e decidi que nunca mais queria morrer.
PS: na foto, a minha avó Olinda.

2 comments:

João Menéres said...

Até hoje CONSEGUIU !!!

Eduardo P.L. said...

Como já disse: família de gente bonita.