10.6.11

SERTÃ - ARTE PÉSSIMA

Quando já estávamos preparados para tudo, vacinados pela "arte-das-rotundas", eis que somos supreendidos. Foi na Sertã, pacata vila da Beira Baixa. Não sabemos qual foi a encomenda, mas acreditamos tenha sido algo ligado ao ensino, dada a proximidade de um liceu. São carteiras  gigantes a descair para os pinhais. Ali o ensino cheira a resina. Os alunos sentem-se motivados. Os professores recompensados. Nós ficámos esmagados e íamos batendo de frente, atónitos com tanta arte.

5 comments:

João Menéres said...

Aulas de Inglês Técnico exigem rotundas para se andar às voltas num Domingo qualquer !

Anonymous said...

rsrsrsrs
Delícia o seu texto Jorge rsrsrs
biz
li

Anonymous said...

Uau! E como os pequeninos se podem sentar nessas mesas? Por aqui temos a "rotunda das cadeiras", mas penso que foi criada para políticos. :)
Mena

Eduardo P.L said...

Jorge, nem é tãoi ruim assim...!!!!!srsr

expressodalinha said...

NA SERTÃ APRENDE-SE EM GRANDE!