27.7.11

AS CURVAS DAS RECTAS

Uma cor de Van Gogh. A sensação de viajar nestas estradas é única. Eu guio rápido. Adoro curvas. A paisagem não tem limites. A velocidade também não. Estradas quase desertas. Um calor africano. Estamos no Alentejo. Aqui tudo é possível.

7 comments:

byTONHO said...



Sinuosidade!

Se beber não dirija,
se beber não babe...
se babar não digiras.

Cuidado!

:o)

Luísa said...

Linhas...
...linhas de asfalto, linhas de limite, linhas do tempo e das ondas de calor!
São linhas!

Beijinhos mil

myra said...

linhas----sabe eu tbem gostava de correr com o carro...mas isto e tantas coisas que gostava , adeus!!!
linda foto, meu querido Jorge

Anonymous said...

Sente-se a temperatura...
Continuo preferindo a beira-mar.
Mena

expressodalinha said...

SÃO ESTRADAS FANTÁSTICAS. A BEIRA MAR NÃO TEM DISTO.

expressodalinha said...

Tonho: não beber aqui é difícil.

jugioli said...

Adorei as curvas de Van Gogh, aliás belo roteiro.

bjs