4.7.11

VIAGEM INESPERADA - IV

As árvores surgiram do nada. Uma floresta a perder de vista. Enorme. Brutal. Troncos retorcidos. Despenteados... Como se um vento cor-de-laranja tivesse soprado do Estreito...

4 comments:

Eduardo P.L said...

Essas três imagens INESPERADAS são ótimas, cada uma nas suas categorias.

Maria de Fátima said...

estou a seguir, deliciada, esta tua viagem (e se tentasses um outro suporte técnico rssss...)

daga said...

de Gibraltar??
parece uma pintura...
estou a adorar a viagem como se fosse a Alice ;)
beijo

myra said...

que coisa mais esplendida!