21.2.12

AFINAL ERA O CANDEEIRO

5 comments:

João Menéres said...

Eu não dizia que podia ser uma promessa ?
No caso, uma promessa de Luz !

Grandes imagens, JORGE !

Muitos parabéns.
O Mestre havia de gostar !

Luísa said...

Fantástico!
Lindíssimo!
Prismas de luz, num feixe sem rodopios...
Beijinhos mil

Li Ferreira Nhan said...

Mas são muito arrojados! E muito belos tb!

Ótimo olhar!

myra said...

SUPERRRRRRRRRRRRRRRRRR!!!!
vc é fantastico:D

expressodalinha said...

Obrigado pelos comentários. Sim, João, espero que sim.