24.4.12

GARES MARÍTIMAS - VISITA GUIADA




Viradas para o rio Tejo, as Gares Marítimas de Alcântara e da Rocha do Conde de Óbidos, construídas na década de quarenta do século XX, contam-nos hoje bastante da história do século português a que pertencem. Primeiro, porque foram palco de partidas e chegadas numa época em cujo o transporte marítimo era a principal forma de ligação de Portugal com os seus territórios ultramarinos e demais nações estrangeiras. Depois, porque são marca, por um lado, do regime ditatorial de direita de então e cuja vontade as edificou e, por outro, do arquitecto Pardal Monteiro que as desenhou. Por último, porque nelas podemos encontrar os frescos com que José de Almada Negreiros, a convite do desenhador das gares, animou as suas paredes.


Visita guiada pelo pintor Victor Belém, dia 30/4. Encontro às 10 horas na porta da Gare Marítima de Alcântara.

7 comments:

Eduardo P.L said...

Bom programa!

expressodalinha said...

Vamos ver se já posso ir. Os paineis são fantásticos e a Gare tem estado fechada.

banzai said...

Estou precisando de uma visita guiada, porque a ´gente não quer só comida, a gente quer comida diversão e arte´ também.
Madoka

expressodalinha said...

Madoka: quem não precisa de visitas guiadas :))

João Menéres said...

O Victor Belém não é Arquitecto,Jorge ?

Não deu para sr a cores ?
Os frescos do Almada são majestosos !
O que eles contam ...


Um abraço.

João Menéres said...

O Arqto. a que me queria referir é

ANTÓNIO BELÉM LIMA.


É da hora ( e da idade...)

expressodalinha said...

Esta foto vinha com o convite que me mandaram. Outras fotos da net estavam com muito grão e não davam a dimensão da gare. Vou ver se consigo ir na 2ª feira e tirar umas decentes. Mas duvido que o "coiso" deixe.