27.5.12

LIÇÃO Nº 6 - SEX SYMBOLS

O sexo é meio chato. Muitas coisas a entrar e a sair. Muitos fluídos trocados. Corpos suados. Cheiros estranhos.  Bactérias misturadas. Tudo muito pouco higiénico... Então porque o fazemos? Como já vimos em lições anteriores, porque isso nos dá prazer. Um prazer que se exacerba com uma adequada excitação. O erotismo é isso: a capacidade de excitar e de ser excitado. O erotismo tem dois sentidos. Uma excitação mútua. Um jogo de prazer. De antecipação. Um strep-tease de sensações. Há pessoas mais eróticas do que outras. Mas, no limite, todos somos eróticos para alguém. Todos despertamos desejo em alguém. Resta saber se encontramos essa(s) pessoa(s). A mediatização, os filmes, as revistas, a publicidade, podem despertar aquilo a que chamamos sex symbols. O reconhecimento, que se propaga em cadeia e tende a ser considerado como evidência global, de que certa pessoa é profundamente erótica. Mas que sabemos nós? Já estivemos ao vivo com essa pessoa? Queríamos mesmo ir para a cama com ele/ela? Ou a visão é meramente simbólica e pode servir apenas para nos dar "balanço" em termos de excitação sexual? É aqui que a fronteira entre o erótico e o pornográfico se esbate. Afinal é tudo uma questão de grau e de preconceito, como veremos em próximas lições... 

15 comments:

Eduardo P.L said...

Jorge,

o pornográfico é tudo que ultrapassa, (pelos nossos conceitos) , do erótico. Sensual é o levemente, discretamente erótico, e pornográfico o que o supera, extravasa, supera o bom gosto, em nossa opinião. E claro, cada um tem seu gosto,sua opinião, educação, religião, formação, e portanto o conceito de pornográfico é MUITO relativo. A única certeza é que o ser humano gosta, precisa e aprecia um bom ato sexual, com tudo que tem direito. Pornográfico é a falta de....

Eduardo P.L said...
This comment has been removed by the author.
byTONHO said...



"No 'fundo no fundo' é tudo fuque-fuque ou Fuck-fuck!"

A ilustração acima "excitou meu estômago", deu fome...
vou lá na cozinha passar manteiga no cacetinho e comer...!

Em tempo: Para quem não sabe, "cacetinho", aqui no RS/Brasil, é um pãozinho do tipo francês de aproximadamente 50gr.

Nhac! Nhoc! Nhoc! Nhoc!
Aaaaah! Hum!

:o)

Fatyly said...

Há filmes eróticos tal como o que indicas, mas todo ele é dotado de uma sensualidade bem longe, mas muito longe do pornográfico.

Tal como o "Nove semanas e meia" que apelidam de pornográfico e de pornografia nada tem.

Para mim são coisas totalmente distintas como dizes bem:

-O erotismo tem dois sentidos. Uma excitação mútua. Um jogo de prazer.

Sem qualquer "preconceito", para mim a pornografia é o sexo animalesco e é tudo feito sem o verdadeiro erotismo e sensualidade.

Agora já não discuto quem precise de visualizar algo do género (incluindo revistas etc, e tal) para ganhar "balanço em termos de excitação sexual", mas se assim for...entramos noutra conversa de gostos e opções e até "o grau de necessidades" reais da ou na relação. (Não sei se me fiz entender).

Fui a primeira aluna a aparecer...e isto daria pano para mangas, mas tentei ser o mais sucinta que consegui.

Agora vou sentar-me no fundo da sala, saboreando um dos "cacetinhos do byTonho mas com manteiga? "Nhac"... bota aí uma boa dose de goiabada...vai?

e Eduardo concordo contigo!

Mena G said...

À época, a manteiga esgotou nas mercearias. :))))))

banzai said...

Nesse mundo tão rico e tão dado às mais variadas interpretações, que é o da sexualidade aqui especificamente falando, no fundo cada um vê o que o seu olhar lhe permite. Posso falar que não só do que é erótico, porno até mesmo do que rolou sobre o diabo na cruz.
O quanto do olhar errado de alguém pode atrapalhar uma brincadeira... o mundo em todos nós estamos metidos poderia funcionar de outras formas não é mesmo?
madoka

expressodalinha said...

Madoka: poder podia, mas não era a mesma coisa :))

myra said...

pornografia é falta de imaginaçao...

Luísa said...

Andando e aprendendo....

Eduardo P.L said...

AGORA É SÉRIO:

"O assunto é recorrente: os limites da pornografia e da “decência” ensombram a heterodoxia do senso comum e a gestão engenhosa das redes sociais. Ninguém sabe, exatamente, onde o gosto pessoal se conjuga com a sofreguidão mental e a definição de sensatez. "

O texto acima extraído da postagem do ARTE-FACTO, sobre JOANNE JACKSON, postado AQUI:

http://arte-factoheregesperversoes.blogspot.com.br/

precisa ser lido por todos nós alunos desta turma.
Não só faz uma relação entre PORNOGRAFIA e os conceitos que o Facebook tem sobre a matéria. Muito importante essa postagem. Poderia ser o tema da próxima lição! Fica a sugestão.

banzai said...

oi Eduardo,
o link fica como lição de casa, vou ler a tempo da próxima aula (assim espero).
PS. E as aparências quase sempre enganam, rs
madoka

Eduardo P.L said...

Madoka,

depois que vi seu rostinho, não tive mais dúvida....srsrs

expressodalinha said...

Eduardo: fui ver o link. O FB tem uma visão conservadora do sexo e protege-se nas Condições Gerais do contrato. É um tema interessante, mas talvez para o 2ª período.

Li Ferreira Nhan said...

Bom, a foto acima é do filme que na época deu o que falar e aqui foi censurado.
O post tem o título Sex Symbols.
Portanto vou falar s/ símbolo sexual.
Ainda bem que ele varia de pessoa pra pessoa!
Por ex o ator em questão; Marlon Brando; na época desse filme não me disse e nem diz nada (nem com toda a margarina do mundo).
Já, ele, velho, gordo, na última cena do filme Don Juan de Marco em que dança com Faye Dunaway, minha nossa, é todo sensual !!!
Pois então, sensualidade, sedução, a meu ver não tem idade, nem aparência. Está muito além.

Só mais uma observação; a música Je t'aime moi non plus, do Gainsbourg ( acho que são da mesma época, ACHO) é infinitamente mais sensual do que o Último Tango em Paris.
Então, muitas vezes nem precisa de filme, imagem, foto...

expressodalinha said...

Falaremos dessa evolução simbológica em próximas aulas.