16.7.12

PALÁCIO MARQUÊS DE POMBAL (OEIRAS)



Quinta de recreio da família Pombal (também conde de Oeiras) formada através da incorporação de vários casais e quintas, situa-se junto à Ribeira da Lage, ocupando uma área de terrenos férteis. A sua construção é da segunda metade do século XVIII. Um projecto de Carlos Mardel, arquitecto húngaro que teve um papel privilegiado na reconstrução pombalina de Lisboa. O interior do palácio apresenta um dos melhores conjuntos decorativos do período pombalino, em especial de estuques e azulejos. Um dia destes farei uma reportagem completa. Fica o aperitivo. Nestes jardins pode-se passear, ouvir música, namorar... e fica muito, mas mesmo muito, perto da minha casa.

5 comments:

Li Ferreira Nhan said...

"e fica muito, mas mesmo muito, perto da minha casa."
Grrr...
Grrr...
;)

expressodalinha said...

Pois é Li, o bairro onde moro (Nova Oeiras) era parte da Qtª de Baixo que integrava os terrenos onde se situa o Palácio.

Eduardo P.L said...

Essa família Pombal sabia das coisas....

Li Ferreira Nhan said...

Não só a família Pombal Edu!
;)

expressodalinha said...

Este Marquês (meu vizinho) é das figuras históricas mais odiadas ou com mais fãs em Portugal. Com ele não há meias tintas.