13.7.12

A PETISQUEIRA 2 IRMÃOS - CULTURA EM LAGOS

Como todos sabem, no Algarve é o sítio no país onde melhor se come. É a variedade e a qualidade dos produtos, do peixe à carne, da pesca à caça, dos bivalves aos mariscos, das frutas aos legumes, dos doces regionais às frutas secas. O turismo tem vindo a manipular a gastronomia tradicional, padronizando os restaurantes na maximização do lucro sustentado no binómio pizzas/hamburguers. Convenhamos, não é fácil a um labrego irlandês entender xarém de amêijoas ou muxama de tubarão. Quando já começávamos a desesperar, eis que surgiu em Lagos a Petisqueira 2 Irmãos
O conceito é o do petisco. Podemos beber um copo com um pratinho a acompanhar na vinda da praia ou podemos pedir vários petiscos e desfrutar de um jantar variado provando vinhos de várias proveniências. O vinho pode ser a copo, o que não requer que se peça a garrafa inteira. A ementa é preciosa e a simpatia no atendimento é espontânea. O Rui, que gere o estabelecimento, sabe o que está a fazer e sabe fazer. Ele está a fazer cultura. 
Tudo tem bom gosto e requinte. São as novas casas de petiscos. O petisco recuperada e reinventado. Um potencial que Portugal tem quase até ao infinito. Curioso foi ver que muitos estrangeiros querem experimentar coisas novas. Curioso ouvir os comentários de um casal de canadianos numa mesa ao lado, definitivamente conquistados ao sabor do alho e dos oregãos. Gente que já entende de vinhos nacionais e que procura as castas portuguesas como quem estuda antropologia.


Experimentámos as cavalas alimadas e a alhada de raia. Uma delícia. Os mexilhões ao natural estavam de uma frescura imbatível.    O camarão frito estava excelente. A morcela com puré de maçã é "exquis" (embora me permita sugerir a combinação com ananás). O queijo chèvre gratinado com compota de três pimentas é uma entrada requintada para uma saída feliz. Adorámos as sardinhas albardadas (também conhecidas por costeletas de sardinha). Ainda tivemos coragem de avançar para as bochechas de porco em vinho tinto (talvez a precisar de melhor apuro). Terminámos com o melhor Dom Rodrigo que já comi na minha vida (e foram muitos). O preço médio fica por 20 € pessoa, mas podemos comer menos e pagar muito menos. Esta flexibilidade faz parte do conceito "petisco". Em Lagos faz-se cultura e da boa.
"A Petisqueira 2 Irmãos", Rua 25 de Abril, nº54, tl: 282 798 418

20 comments:

myra said...

lugar simpatico ( a primeira foto )e o resto bem que eu gostaria de ir ali, e todos estes vonhos! que vontade...
beijos meu fantastico amigo, em tudo!!!

Mena G said...

Eles adorariam ver este poste! :)

João Menéres said...

Onde se faz cultura e da boa é no EXPRESSO DA LINHA!

Chego a lamentar não me puxar para essas especialidades...
Magníficas fotografias e um texto a puxar a uma visita.
É ao pé de si, não é ?

expressodalinha said...

É A RUA PRINCIPAL DOS RESTAURANTES.

Mena G said...

Antiga Rua Dr. Oliveira Salazar, depois Rua 25 de Abril e conhecida de todos por Rua Direita. :)

Eduardo P.L said...

Jorge,

não fazem DELIVERY para a Piacaba, pois, não?????

Anonymous said...

Lugar simpático e acolhedor, com uma sombra convidativa .... ahhh! se "aquelas" praias fossem assim cativantes ...

E também gostei muito da viela, onde, parece-me, passa o tempo sem pressa ...

expressodalinha said...

Mena: e gostava que vissem. Já meti no FB.

expressodalinha said...

Eduardo: vou perguntar, mas tb pode cá vir. Sempre varia de Itália :))

expressodalinha said...

Myra: tenho a certeza que ia adorar.

mauro m said...

Deu-me vontade

Li Ferreira Nhan said...

Delícia!!!
Ótima dica Jorge! Repasso para a Re!
:))

expressodalinha said...

Ela anda pelo Algarve?

Li Ferreira Nhan said...

Chega em Portugal na próxima semana :)

expressodalinha said...

Muito bem. Se fôr preciso alguma coisa, diga.

Fatyly said...

Deve ser uma maravilha e fiquei encanta por saber desse empreendedorismo e flexibilização de preços (visto na ementa também ela com um visual excelente) dos "2 irmãos".

Já estou com fome:)

Silvares said...

Ai, caramba!
A ver se não me esqueço de ir lá salivar um bocadinho e degustar um belo petisco...

Li Ferreira Nhan said...

:) obrigada Jorge!

expressodalinha said...

Rui: vai mesmo que vale a pena.

expressodalinha said...

Fatyly: é um conceito que eu adoro: petiscos/tapas. A verdade é que acaba por ser difícil parar. Mas depois de conhecer bem as hipóteses, dá para comer relativamente barato.