26.7.12

PORTO - A TASCA DO ESPANHOL

O restaurante fica no meio de prédios. Uns a cair, outros ainda não. Uma tasca pequena com avançado em plástico para cima da rua atrapalhando o trânsito. As televisões vomitam futebol europeu. O menu era único. Entrada de camarões. Sardinhas assadas de "intermezo". Sargos e rodovalho para rematar. Salada de pimentos e muito vinho a condizer. Tudo por 16 euros/pessoa. A "Tasca do Espanhol" fica algures em Leça da Palmeira. Nunca mais lá conseguirei ir sem ajuda local. Às tantas, sei lá porquê, começa tudo a dançar. E vinham mais sardinhas e eles dançavam cada vez mais. O Ricardo, empregado para todo o serviço, recomendava picantes variados, enquanto o Tino de Rãs vendia livros numa panela pintada, numa vernissage improvisada de resultado duvidosos. Já ninguém entendia bem o que se passava ali. Aparece o dono do restaurante em play back numa macaqueação gestual de Quim Barreiros "a querer cheirar o teu bacalhau".  Lá atrás, mulheres platinadas riem desbragadas em decotes de profundidade  devastadora. Homens barrigudos exibem a cruz dourada na camisa aberta até ao umbigo, ostentando as chaves do BMW estacionado fora de mão... Na "Tasca do Espanhol" tudo pode acontecer. Acontece que até se come bem. A Ribeira e as Caves de Gaia são para turistas. Aqui o Porto é profundo e inesquecível. 

15 comments:

Li Ferreira Nhan said...

Dá pra sentir os cheiros e o sabor.
E até ouvir!
Delícia Jorge!

João Menéres said...

Se fôr A TASQUINHA DO ESPANHOL, é bem fácil.
A Rua Direita parte da Doca a caminho da Igreja.
Como todasad ruas Direitas, é bem torta...
Como não aprecio ( mesmo nada ! ) sardinha assada, nunca lá entrei.

Também não concordo que a Ribeira e as Caves de Vinho do Porto sejam para turistas...
Na Ribeira, tem a Adega de S. Nicolau ( onde o MAURO almoçou ) ou o Chez Lapin ( onde a BÉ almoçou ).
Em Gaia, tem Caves notáveis ( ANDRESEN, por exemplo,ou as TAYLOR'S ).
Precisa de um guia, Jorge...Já me ofereci, lembra-se?

expressodalinha said...

João: esse é outro Porto. E julgo que essa tasca não é esta.

expressodalinha said...

João: qt a um guia é sempre bem vindo, então um conhecedor... Mas desta vez, como sabe, foi dedicado à família que é muita aí por cima.

João Menéres said...

...mas também não conheço !

Um abraço e até breve, espero ( lá em baixo...)

Maria de Fátima said...

eu bem que achava que o João tinha que ter defeito...essa das sardinhas assadas e ainda mais frisado para que não restem dúvidas, i João que não sabe o que perde...
abraço duma amante de sardinha assada pingadinha na brasa e no pão :)

João Menéres said...

FÁTIMA

Se o meu único defeito fosse esse, EU ERA UM SANTO !
( E nunca tive essa pretensão...).

Fui muito malandreco, não sabias ?

Será que não querem, em Agosto, passar um dia na cidade de Portimão, num ENCONTRO ?
Se calhar, vou dois dias depois do previsto.

Um beijo amigo e com saudades dos lacobrigenses
( incluindo os ocasionais ).

expressodalinha said...

Fátima: o João tem outro defeito: além de sardinhas tb não gosta de lulas :))

João Menéres said...

JORGE e FÁTIMA

E MUITOS OUTRAS MAIS DE TODOS OS TIPOS E ESPÉCIES

Maria de Fátima said...

saber saber não sei, mas não julgue que disfarça muito rsss

João Menéres said...

FÁTIMA

Eu sei que não disfarço nadinha !!!

Um beijo amigo.

expressodalinha said...

Vamos ver se dá. Eu ainda não se vou lá. Mas as meninas lacobrigenses estão à vontade :))

João Menéres said...

JORGE

De certeza que depois de 10 estou lá.
Tenho obras aqui em casa....
Eu levo de qq modo aquela monografia, okay ?

Um abraço.

expressodalinha said...

OK. Agradeço. Depois confirmo. A ir, nunca será antes de dia 20.
Abraço.

João Menéres said...

Perfeito. Espero que sim.