26.2.13

CARTEIRA PROFISSIONAL DE BLOGUEIRO - II

Tudo visto e considerado, não há consenso quanto à proposta de carteirinha na blogoesfera. De facto, como diz o Eduardo, mais vale andarmos por aí à solta, podendo dizer os disparates que nos apetecer. Eu concordo. A verdade, porém, é que as eleições na Itália se fizeram na blogoesfera. A discussão política cada vez mais passa pela net. O Presidente da República de Portugal dirige-se ao povo pelo Facebook. Cada vez mais os blogueiros são ouvidos como comentaristas ou "opinion makers". Aparecem na televisão, são chamados a telejornais, citados na imprensa. As manifestações de rua são convocadas pelas redes sociais. Há empresas que já só  publicitam os seus produtos no FB. Que fenómeno é este? 

6 comments:

João Menéres said...

Acabade me dar um desgosto, Jorge !
Até já tinha arranjado sítio na minha carteira para o cartão !
Não há direito ...
O cartão não nos is castrar !!!

Luma Rosa said...

Não sei se é bom ser blogueiro patrocinado. Prefiro não fugir da essência do ato. Tal qual o Eduardo, também prefiro andar à solta dizendo o que me apetece.
Boa semana!!

João Menéres said...

EU NÃO SOU SOU BLOGUEIRO PATROCINADO !

myra said...

nao entendo nada:))))

Li Ferreira Nhan said...

De verdade os "internautas" e não os blogueiros são cada vez mais formadores de opiniões, porta-vozes de toda série de notícias e fatos.
Agora mesmo o atual ex-papa acaba de twittar antes de sair do Vaticano.
São os arautos da atualidade.
Que fenômeno é esse? Não é fenômeno nenhum. É o tempo presente, o que estamos vivendo. Só isso.

expressodalinha said...

Ou seja, um fenómeno actual e de consequências inimagináveis.