23.4.13

ATENTADOS

Há crimes sem perdão. Os atentados entraram na nossa rotina. Uns mais mediáticos. Outros menos. Todos cobardes. Fazer detonar um engenho no meio de pessoas aglomeradas com o único propósito de conseguir o maior número possível de mortos e feridos, é de uma infâmia absoluta. A coisa ganha foros de incompreensível horror quando não se vive um cenário de guerra. Um atentado no Afeganistão ou na Síria é, de certa forma, mais "aceitável" do que numa pacífica cidade europeia ou americana, embora seja igual a dor que provoca. A globalização da guerra e do pavor é o que se pretende com estes atentados. A verdade é que uma das consequências deste horror é a alteração de convicções. Muita gente começa a defender novamente a pena de morte. E começa a ser difícil contestar esta posição. Começa a ser difícil falar dos direitos dos presos quando falamos de terroristas. A pouco e pouco a sociedade retrocede. O medo faz o seu caminho. E esse é um dos interesses dos terroristas. O retroceso civilizacional. 

8 comments:

João Menéres said...
This comment has been removed by the author.
João Menéres said...


Não estou contra a pena de morte no caso de terroristas deste calibre ou no caso de pedófilos, por muito que tal afirmação "choque" certos espíritos !


Nota : apaguei porque não tinha colocado o "s" final no >terroristas< ...

Fatyly said...

Subscrevo inteiramente!

myra said...

cada dia mais tremendo e terrivel por todos os lados!!!! horror!

Paulo said...

Muito bem colocado.
Como tudo o resto, a globalização tem vantagens e desvantagens, e estas são sobretudo poderem obrigar-nos a sentir (nas nossas pacíficas cidades europeias e americanas) o horror das consequências das intervenções das "nossas" forças armadas, pelo mundo. Ainda outro dia foi arrasada por bombas americanas uma escola algures no Afeganistão; morreram 10 crianças e a professora.
Tendemos a identificar-mo-nos emocionalmente muito mais com pessoas do nosso grupo étnico/cultural: europeus, do que com semitas perdidos nas montanhas ou negros em África. E no entanto somos a mesma espécie animal...

Anonymous said...

o que esperar do quem por aí? Se a estupidez, a covardia, a grosseria, o medo, a impunidade, a ganância são regras, e a bondade, o sorriso, a gentileza, a sensibilidade são exceções?
bjs
madoka

Eduardo P.L. said...

Você tem toda razão. A pena capital para terrorista deveria ser acatada por todos os paises do mundo. Quem promove ou participa de atos terroirista deve morrer. Não há pena que a substitua. O custo social para manter preso um assassino covarde, pelo resto da vida, é muito caro.

daga said...

para ficarmos iguais a eles... mas é verdade o que dizes e eu fui sempre contra a pena de morte...