21.6.13

PERGAMON




11 comments:

João Menéres said...

Eu sabia que ia fotografar motivos assim...

myra said...

e fez bem, nao e?

Eduardo P.L. said...

Ponto alto de nossa visita a Berlim.

daga said...

não conheço, no meu tempo havia um MURO... se calhar fica do lado leste?

expressodalinha said...

Exacto. Muito perto de onde passava o muro.

Anonymous said...

Nao conheço absolutamente nada disso.
Também nao percebo a importancia. Mas sao esculturas, assim quebradas, faltando pedaços?
Li F. N.

expressodalinha said...

Li: não tem de facto importância nenhuma. São coisa à solta perdidas em Berlim. Tanto faz.

Paulo said...

Pelo contrário, acho que tem muita importância. São testemunhos deixados pelos nossos antepassados para durarem e chegarem ao futuro. Para que todas as gerações possam interpretá-los e com isso puderem compreender o presente. A ignorância da História é uma lacuna gravíssima, infelizmente ainda comum nos nossos dias.

expressodalinha said...

Absolutamente de acordo. Estava a responder ironicamente. Há gente que não sabe onde fica o passado. O futuro só existe porque houve passado. Enfim...

Anonymous said...

Li (diz) tudo sobre origem, sobrevivência e evolução. São de facto só pedras, ainda que transformadas (como os diamantes lapidados e os tecidos na Dior, ou a tela de linho e goma do V Gogh). Conservar para quê? As formiguinhas nada conservam, de geração para geração, além da comidinha e sobrevivem/funcionam. Hello expresso! Tens muita paciência. Antoniao.

Anonymous said...

Percebi agora (05.41) que o que Li era também irónico. Sempre há evolução ... Retiro o Hello Li.
Antonião