20.7.13

INDUVIDAVELMENTE

Será que fechei o carro?. Volta atrás. Sim, está fechado. Claro que está fechado. Sigo. Espera lá, mas onde meti as chaves? Pára tudo. Não estão no bolso. No saco de praia? Ah, meti na pochette. Vamos embora. Mas onde enfiei os óculos escuros? Pronto, ficaram no carro. Volta atrás. Abre o carro. Nada! Irra, estão na minha cara. Fecha o carro. A ver se agora não me esqueço que carreguei no comando. Pik, pik. Pronto, está fechado. Saco de praia, cadeiras, toalhas, guarda-sol... Está tudo. Podemos seguir. Não acredito. Esqueci-me do boné. "Ó Fernanda, aguenta que esqueci o boné". "Tás parvo. Tens o boné na cabeça". Pik, pik. Abri o carro sem necessidade. "Tens as sandes?". "Simmmmmm...!". "E o creme solar?". "Simmmmmm...!!!" Pronto, agora sim está tudo. Chegamos à praia. Espeto o guarda-sol, armo as cadeiras, estendo as toalhas, meto o creme, como as sandes, bebo água e, de repente, vem aquela pergunta sinistra: "Será que fechei o carro?"

15 comments:

João Menéres said...

Nada como ter casa na Rocha !
O carro fica na garagem.
Só carrego com a toalha.
O guarda-sol e as duas camas estão há anos reservadas.
!ªfila, segundo guarda-sol !!!
Tal privilégio não chega aos € 9 por dia.
Os restaurantes da praia são bons e estão à distância de 150 metros.
E a Z..... nunca me perguntou se eu estava parvo
A casa está também a ± 200 metros...
A Meia Praia é boa, mas tem desses incovenientes, induvidavelmente !

Vou a 5 ou 6...

João Menéres said...

E também não uso óculos de sol, nem abuso do protector.Tenho uma saca de pano ( não pesa ),onde meto as chaves de casa e o protector labial ( esse sim, preciso mesmo ! ).
Boné ?
-Também não uso. Não se esqueça que fui velejador metade do tempo que levo de vida...

João Menéres said...

No primeiro comentário, não sei de onde, e a que propósito, surgiu esse Vou a 5 ou 6... !!!

Li Ferreira Nhan said...

Rsrsrs!!!
Jorge no seu melhor!
Muito ótimo!

João Menéres said...

LI

Se o texto do Jorge não fosse ÓPTIMO eu não teria escrito tanto !
E a foto é outro MONSTRO LITERÁRIO !

João Menéres said...
This comment has been removed by the author.
João Menéres said...

Não me enganei, não, ao
escrever MONSTRO LITERÁRIO !

Fatyly said...

Fizeste-me rir à gargalhada...e o "simmmmmmm" da tua mulher é a prova cabal de que...és um distraído compulsivo hehehehehe

myra said...

esta perguntas e repeticoes delas, demonstra uma certa inseguranca:))))
beijos e aproveitem!!!

Selena Sartorelo said...

Olá Jorge,

Bom dia rssr Consegue fazer da situação mais simples algo tão gostoso de ler.

Beijos ao casal.

Eduardo P.L. said...

Um texto muito pessoal. Parece que estou ouvido e vendo-o em pessoa.

expressodalinha said...

:))

Claire said...

Jorge no texto esqueces te de mencionar o gaspacho que acompanha a sandes. Saudades daquele verão, 2010!?

Mena G said...

Uma delícia de texto, como não podia deixar de ser. Esquecido compulsivo? :)
E a foto fez-me lembrar o meu tempo de menina quando a família( de Montes de Alvor)vinha toda a banhos: imagina as sacas com farnel, fogareiro para assar sardinhas, mais as cestas COM as sardinhas,garrafas de vinho a refrescar na beira mar junto às melancias, e o resto que se possa imaginar que lembrasse às minhas tias...

expressodalinha said...

Já não se vê garrafas a refrescas na beira mar. Era frequente.