22.7.13

O MAR SEM VELHO





8 comments:

João Menéres said...

Uma série de AQUITÂNEAS !

Boa, Jorge !

Fatyly said...

que belezuraaaaaaaaaaaaaaaaa!

myra said...

lindas fotos, mas eu gostei do velho, ai dentro:)

Eduardo P.L. said...

Esse sim é o velho mar de sempre!

Anonymous said...

Mais velho do que o velho
é o Mar
Mar sem fim
Mar eterno
perto do velho Mar
o velho é novo
um menino
pequenino

Da velhice do Mar
nasce a juventude da onda
breve
mansa
ou voraz

E o menino-velho
o rapaz
reencontra no velho Mar
a mocidade
a calmaria
e a Paz



:):):)

(Só não avistou o Espadarte!)

daga said...

depois destes versos...não tenho palavras :p
mas pronto devo dizer que as fotos estão lindas e não parecem o mar...têm fim

expressodalinha said...

Obrigado pelos versos. Saí remoçado.

Luísa said...

Com ondas envergonhadas numa tarde de sol...
Bjnhs