6.9.13

CANDIDATO A NENHURES


 
Anuncio em primeira mão que vou ser candidato ao município de Nenhures. Nenhures é uma povoação simpática que fica na fronteira de coisa nenhuma, entre quase nada e muito pouco. A vila é habitada pela tribo dos Ninguém. Os Ninguém adoram fazer nada, dizer mal de tudo e querem continuar assim para todo o sempre.
Comecei por lhes dizer que a data das eleições não me dava de todo jeito porque já tinha quiroprático marcado para esse dia. Insistiram. Invoquei, então, o meu baixo nível cultural e até alguma iliteracia. A falta de experiência em “gamar” a coisa pública. A ausência de vontade em aceitar subornos. A dificuldade no tráfico de influências. Cheguei mesmo a refugiar-me nas três multas de estacionamento e num excesso de velocidade que, embora já prescritas, podiam eticamente comprometer. Nada. Lembrei-me que em puto tinha fumado uns charros. Acharam que só dava experiência para lidar com a juventude. Onde eu via defeitos eles viam qualidades. Fizeram um abaixo-assinado. Consideraram que ser magro, quase careca e usar óculos eram requisitos bastantes para a minha candidatura. Acabei por aceitar à falta de argumentos decisivos.
Anuncio, pois, formalmente a minha candidatura a Nenhures. Vai ser uma campanha totalmente electrónica. Não tenho pachorra para comícios, muito menos para febras com batatas fritas e bacalhau com natas. Detesto inaugurações. Abomino procissões. Odeio charangas e bandas populares. O meu lema será “Eu Voto Em Mim”. As minhas propostas serão avassaladoramente irrelevantes. Desafio a que outros façam o mesmo e no fim vamos a votos e que ganhe o pior. Quero as vossas opiniões, as vossas críticas, os vossos anseios. Nada será tido em conta, mas pelo menos desabafam. Votem em mim que eu também não.

9 comments:

daga said...

gostei do texto da candidatura, parece-me honesto (coisa inexistente nas campanhas ;), por isso já sei em quem votar, já não preciso de votar em branco :))
(há quatro anos andava perdida...)

João Menéres said...

Se nem ao menos, não houver canetas e /ou bonés, o EU ( JORGE ) não ganha !
Para o povinho que vota, é o que conta.
Já podia ter aprendido a lição !
Mas insiste em não beijocar desconhecidas, nem estender o bacalhau aqueles que nunca tiveram tal oportunidade...
Aliás, não se deixa corromper.
Peço que reveja a sua posição, dado que um favorzinho aqui, outro mais além, não é nada vergonhoso, muito menos, pecsaminoso.
( e ainda por cima faz disso a sua bandeira de não campanha ), não terei a menor hipótese de renovar o contrato no T.C. !
E logo eu, que fui o único que votou CONTRA !
Não é justo, desiludir-me dessa forma tão subtil, que ninguém compreenderá.
E, digo mais, se NENHURES está assim tão mal, é exactamente pela não campanha de há 4 anos atrás !
Ganhe juízo, homem, e não se queira distinguir pela total diferença dos outros candidatos !
A sua eterna mania de dar nas vistas lá veio ao de cima.
Pronto, já desabafei !!!
Siga a rusga!

Jorge Pinheiro said...

Estes debates só rendem mais votos.

João Menéres said...

Por isso estou sempre presente !

Eduardo P.L. said...

Dessa vez vai...

Anonymous said...

nossa, no facebook fiquei preocupada, vim aqui pra conferir da sua candidatura. Lendo agora, pensei até concorrer contigo no município de Nenhures kkkkkkkk mas pensei melhor, não sou capaz nem pra Nenhures,
bjs professor.
madoka

myra said...

eu nao estou la, mas se estivesse, votaria por voce!:)

Fatyly said...

Olha que já somos dois podeemos fazer uma coligação?

EXCELENTE!!!!

Helena Oneto said...

Conta com o meu voto, Jorge!