19.1.15

VAMOS BRINCAR AOS ANÓNIMOS - I

Anonymous Anonymous said...
Conseguiu seu objetivo:
escondeu o lixo debaixo do tapete. O ego e a honestidade, de infinito tamanho, não couberam lá e ficaram a descoberto.
Ridículo e incipiente, sem dúvida.
Temos pena.
 
Anonymous Anonymous said...
ops, desonestidade, que a honestidade não lhe é peculiar.

Descobrir um anónimo é coisa difícil num blogue. Ultimamente tenho vindo a ser obsequiado com comentários mais ou menos imbecis e vagamente malcriados. Tenho apagado por respeito aos meus leitores, porque para mim tanto faz. Mas, vendo bem, a caça ao anónimo pode dar posts. Será brasileiro ou português? Será homem ou mulher?



3 comments:

Anonymous said...

Por respeito aos seus leitores dever-lhes-ia contar a história por inteiro. Começo, meio e fim. Seria mais honesto, mais uma vez. Em calhando, poderão eles, ainda que pessoas inteligentes, não entenderem o "script". Certo?
Vamos lá, tenha coragem e conte-lhes as regras da brincadeira.

Uma pessoa merece sempre ser respeitada, mesmo quando erra, ou comete um pequeno lapso. Aliás, não foi o caso, pois no seu texto as duas palavras - incipiente ou insipiente - faziam sentido.
Era só uma questão de se esclarecer se eram principiantes ou ignorantes. É, o idioma português tem muito que se lhe diga.

Silvares said...

O anonimato é um verniz que não estala de modo nenhum. O anónimo comporta-se como um puto, quanto mais se provoca mais provocador ele fica. Se é anónimo é porque gosta. Está no seu direito e, imagino, fica muito excitado e felicíssimo quando "anonima" o quotidiano alheio. Há taras de muito molde.

Eduardo P.L. said...

Esse não é definitivamente brasileiro. E nem tenta passar por. Conheço nossos anônimos...srsrs Quanto ao gênero, como é sabido Anônimo não tem nome, nem mãe e muito menos sexo. srsrs