6.7.11

VIAGEM INESPERADA - IX

As árvores fecham-se. Juntam-se para melhor se proteger. Agasalham-se do frio intenso. E sobem alto. Espreitando as nuvens. Ouvindo o mar. Bailando ao vento...

5 comments:

m.a. said...

Olá jorge!
Tive oportunidade de fazer uma visita ao EXPRESSO e deparo-me com esta magnifíca "VIAGEM INESPERADA"!

Será que esta terrinha não tem uma placa que, entre outras coisas, diz "Aqui finaliza la Ruta Nac.nº3"?...

Abraço os dois
mitó

Eduardo P.L said...

Inesperadamente poético!

Luísa said...

...e fazem sozinhas o discurso ao luar!
Bjnhs

myra said...

maravilha das maravilhas!!!!!!!!!!!

daga said...

natureza sem gente, primitiva, universo primordial, sem o flagelo da humanização...