2.8.11

CASA ALENTEJANA

Um azul sem fim. Paredes brancas. Alvura que afasta o Verão.  A chaminé imponente. Lá dentro o calor que afasta o Inverno. Casas alentejanas. Um prodígio de climatização. Um beleza de cortar a respiração.

9 comments:

João Menéres said...

100 % de acordo, JORGE !
E ( como sempre ) parabéns pela força que essa linha e meia nos transmite. Autêntica fotografia do ambiente e da sabedoria da Arquitectura Popular Portuguesa.
A sua imagem retrata também na perfeição a face visível dessa arquitectura.

O abraço do seu fã e amigo.

João Menéres said...

A chaminé, além de imponente, é uma beleza !!!

João Menéres said...

Isto hoje vai às pingas ( desculpe ) : Pena o fio telefónico não ser subterrâneo...

Li Ferreira Nhan said...

Nossa...
De cortar a respiração mesmo!

myra said...

que casa e cores e tudo tao lindos, adoro esta combinaçao de azul e branco, e a construçao, sabe lembra as casinhas de certos lugares na Grecia, que sim conheço, pena que nao conheço estes lindos lugares No Portugal...
beijos meu querido!

peri s.c. said...

Alvura que afasta o verão e ...cega os olhos .
Sabia essa alvura refrescante para o interior das casas.

expressodalinha said...

Estas casas são fantásticas. Obrigado a todos pela apreciação.

Francisco Castelo Branco said...

o alentejo é especial. Tem aquela calma que não irrita

e os alentejanos são muito engraçados

expressodalinha said...

Sem dúvida.