30.8.11

DIA A DIA - DA LÍBIA COM TERROR


Na televisão o habitual cortejo de árabes barbudos, de metralhadora em punho. Atacam a meio do jantar, entre a sopa e o bife com batatas fritas. Foi no Egipto e na Tunísia. Agora é na Síria e na Líbia. Amanhã será onde calhar. O mundo muçulmano está na Idade Média. Sunitas contra Xiitas. Berberes contra árabes. Tribos contra tribos. Ricos contra pobres. Ditadores contra ditadores. Os interesses ocidentais apoiam hoje, para atacar amanhã. As armas vendem-se bem. O petróleo ainda não esgotou. Não há inocentes. Ficamos muito contentes com a queda de Kadhafi, mas na verdade nada sabemos do que vai ser da Líbia. Quem será o ditador que se segue? Virá a guerra civil? Democracia?! O mundo muçulmano está numa profunda crise. Uma crise de valores. Uma desorientação de lideranças. Precisam de se agarrar ao Corão para ter legitimidade. Faz lembrar o período da Contra-Reforma na Europa do séc. XVI e XVII. Católicos contra protestantes. A supervisão absurda de um Papa corrupto. As lideranças viciadas e viciosas de reis que se arrogavam de herança divina. O drama do mundo muçulmano é também o drama do Ocidente. Infiltrado por núcleos muito expressivos de muçulmanos, a nossa tolerância vai acabar mal. A xenofobia em breve alastrará. A verdade é que nada sabemos dos muçulmanos. E eles não querem saber de nós. Ambas as comunidades vivem no mesmo espaço, sem se interpenetrarem. Sem se compreenderem. Sem se respeitarem. Um dia acordamos com uma Líbia dentro do prato da sopa. Nessa altura vamos precisar de metralhadoras.

5 comments:

myra said...

infelizmente voce tem toda a razao no que diz!!!!

Eduardo P.L said...

Com a Líbia no prato de sopa, salvam-se os que tem dentes....

Li Ferreira Nhan said...

Sopa indigesta.

daga said...

welcome back :)) lucidez e ironia como sempre!
"Não há inocentes" - esta é a verdade de uma voz consciente...
beijo

expressodalinha said...

Avida está a ficar indigesta.
Obrigado pelos vossos comentários.