30.11.11

PONTAPÉ NA CRISE

Ontem fomos ao Tivoli participar na homenagem a Titina, uma grande voz da música caboverdina. Neste video de 2008 vemos Titina com Ana Firmin, cantando um coladera de Tito Paris, "Chico Malandro". Deve-se ouvir bem alto.

11 comments:

João Menéres said...

50 anos de carreira não é para todos.
E Titina, com a sua alegria e ritmo, com a Ana Firmino proporcionou um grande espectáculo, não foi assim, Jorge ?
Em 1ª fila ?
-Que sorte !

Eduardo P.L said...

Gostaria de ter ido!

Li Ferreira Nhan said...

Delícia!!!
Dar o pontapé e sair dançando...
:))

expressodalinha said...

Não foi fila da frente, mas quase.

Paulo said...

E dizes tu que com a idade deixaste de gostar de música. És muito fiteiro.
Gosto de pensar que este problema (já não posso ouvir a palavra c...)se vai resolver com música. Temos é que a cantar suavemente e em alemão:"Stille Nacht, heilige Nacht, alles schläft, einsam wacht..."

Anonymous said...

Ontem o Fado, hoje a Coladera ... cada roca com seu fuso, cada terra com seu uso, no dizer popular ...

Que riqueza de música, a de Cabo Verde. Nunca me canso de escutá-la.

Que preciosidades, estas três Senhoras ... A terceira só eu vi, quiçá ... seu nome? Cesária

expressodalinha said...

Paulo: um achtung também para ti.

expressodalinha said...

Anónimo: a Cesária não vi, de facto.

daga said...

que saudades!! dancei muito ao som da coladera na Guiné :)

expressodalinha said...

DEVE SER PARECIDA

daga said...

é idêntica: eles "importavam" as músicas de cabo verde - "morna" e "coladera".