6.1.12

LAMPREIA

As lampreias têm mais de 280 milhões de anos. São ciclótomos de água doce com a forma de enguias, mas sem maxilas. A boca é uma ventosa circular que funciona como bomba de sucção. Uma boca com o mesmo diâmetro do corpo, reforçada por um anel de cartilagem e armada com um língua-raspadora. No topo da cabeça tem um "olho pineal" translúcido e uma única narina. Por trás abrem-se sete fendas branquiais. Não tem esqueleto mineralizado, mas uma muco-cartilagem calcificada. Tem uma vida larvar durante sete anos nos rio e depois, sabe-se lá porquê, entram em metamorfose e transformam-se em adultos. Migram para o mar e regressam dois anos depois. Regressam cheias de vontade de se reproduzir. Entram novamente nos rios onde nasceram para desovar. É neste processo que vão parar à panela. Uma iguaria requintada que se paga a preço de ouro. A época da lampreia começa em Janeiro e acaba em Abril. O arroz de lampreia é uma cabidela suculenta. Talvez um dos pratos mais fortes que já me passou pela goela. Típico de Portugal e de algumas regiões de Espanha e França. Há sempre uma primeira vez...

7 comments:

Luísa said...

Gosto muito à bordalesa.
Gosto de escabeche e gosto assada no forno.
Gosto de comprar na foz do Cávado acabadinhas de sair do rio...
Gosto de a familia juntar para as comer...
Beijinhos

João Menéres said...

Só o aspecto me tira o possível apetite...
Nunca provei e não será agora !

A foto está muito realista !
Brrrrrrr !...

byTONHO said...



Larv.argh!
É de amar.g.argh...

Palad.argh é palad.argh!

Ah! ah! ah! ah!

:o{

daga said...

Também nunca provei e agora já não me apetece :p

Anonymous said...

É de ricos a lampreia
Desconhecida dos pobres
Para vir à minha ceia
Gastaria muitos "cobres"

A lampreia, a talzinha
Como o rosado caviar
Não me chegam à cozinha
Não tenho como os pagar

Mas também que ar medonho
Tem a famosa lampreia
Que ainda dada pelo Tonho
Nem inteirinha, nem meia

Oh Expresso, tenha dó
Que asco me deu seu "poste"
Deu-me nas tripas um nó
Mesmo que isso o desgoste

Guarde lá sua lampreia
E mantenha sua linha
Que a dita é tão feia
Fica abaixo da sardinha


Boa ceia, boas iguarias ...

Li Ferreira Nhan said...

Estou contigo João!
Brrrrrrr !...

Eduardo P.L said...

Lampreia aqui no Brasil é sobre-nome de ministro!