27.1.12

O ACENTO DO ASSENTO

Ôje veno falá de muintas cousas k nã kerem deser assolutamete nada. É ótimo tê una ação sem fatos. Morá no Egipto sem egícios. Uma fâtura sem recivo. Poquê uma consoante muda por ser atual? Os homógrafos ficam a bater no sseguinho. Entreviamos um erru na fonétika. Horto-grafia crioulo tche tamém eu. Brasilaico-lusito. Dialeto k inco-moda no assento. Sinfonia de sanfona. $intoma de clonização.  

8 comments:

byTONHO said...



Muinto bon!
Gotei dimais...
Qero + ou - dnovo!

"Levicasacucasoisfri!"

:o)

byTONHO said...



Chegou o pernil?

:o)

Eduardo P.L said...

Muito hermético para meu parco entendimento!

expressodalinha said...

Eduardo: novo acordo ortográfico. Que tem de hermético?

João Menéres said...

E como fazem em NENHURES ?

Li Ferreira Nhan said...

5 comentários...
Pois, se há alguma mensagem no post
não percebi nadinha.
:/

expressodalinha said...

A mensagem é precisamente não entender nadinha.

myra said...

Jorge, acho voce genial! amei!!!!