26.1.12

SER POLÍTICO - MUDANÇA

A política afinal tem a dimensão dos "pintelhos". Discute-se a merda diária. Ninguém discute o regime. Ninguém contesta o sistema. Refugiamo-nos em argumentos constitucionais, como se a fosse uma Bíblia. Esquecemos que podemos alterar a Constituição. Que os argumentos formais são sociologicamente caducos. Que a democracia não é divina. Deus têm medo de mudar. Os homens não.

13 comments:

João Menéres said...

E quem está disposto a mudar a Constituição ?
O povo certamente que não deseja outra coisa.
Os partidos políticos nem querem ouvir falar em tal.
Como tem que passar pela A. R., estamos fritos.

byTONHO said...



Const...intuição!

"AprenDEU-Se de um jeito e vamos até a morte deste jeito?!"

A DEMO...cracia não pode ser divina!

E.mude.cer jamais.
O verbo é... MUDE SER HUMANO!

"Muda-se de idioma, mas o SER é o mesmo. Só muda o endereço."

:o)

Anonymous said...

Política é coisa suja
Que ao povo não convém
Vejo sempre a dita cuja
Com um olhar de desdém

Povo calado, vencido
Povo subserviente
Povo que é desunido
Verga-se ao que lhe mente

Guardo meu cravo vermelho
Bem perto do coração
Não será quaquer grupelho
Que dele me faça abrir mão

Se o povo assim não pensar
E for povo fraco, desunido
É porque está a aceitar
Ser chamado de fodido

Rasguemos a Constituição
Com ela limpemos o cu
Vamos rapaziada, acção!!
Nós todos, eu e tu.

Desculpem a ordinarice
Mas é o que me vai na alma
Para tão imensa canalhice
Nem benevolência, nem calma



:)

Eduardo P.L said...

Então,pelo visto os "rebanhos dos HOMENS" tem muitos "deuses"!!!! srsrsr

Luísa said...

Povo amorfo e acomodado!
Nem sei o que dizer....

João Menéres said...

Da habitual crónica semanal do Dr. Nuno Rogeiro, na Revista Sábado, ( Nº 403 ) transcrevo parte do artigo denominado DILEMA :
O nosso PIB cresceu a uma média anual de mais de 6% nas duas décadas anteriores ao 25 de Abril, e16% entre 1950 e 1974, no PIB por cabeça como percentagem do produto dos países desenvolvidos. No fim dos anos 40, a nossa produção interna bruta representava apenas 42% dos valores usuais nos Estados ricos. Vinte anos depois, equivalia a 58% dos mesmos. Nos 36 anos de democracia, não conseguimos ascender mais do que 10% nesse último patamar, apesar de todos os subsídios europeus e fundos estruturais. E o grau de crescimento do PIB nacional, entre 1975 e 2011, caiu abruptamente, até valores muito próximos de 1%.

João Menéres said...

Enquanto eu estava a transcrever parte da citada crónica, a Luísa Vilaça, escrevia no seu comentário :
> NEM SEI O QUE DIZER...<

Pois, eu também não !

Papagaio Mudo said...

os homens temem a Deus...

Li Ferreira Nhan said...

Anonymous said all.
Again!

myra said...

é sim, por todos os lados os politicos sao uma grande merda!!!!
que fazer...

expressodalinha said...

Os políticos não andam muito populares.

daga said...

O problema é que os homens também têm medo de mudar...

expressodalinha said...

Então têm de continuar a rezar a Constituição.