17.2.12

PASSATEMPO VARAIS - AS RESPOSTAS I


Depois de consultados os astros, eis as primeiras nove respostas do oráculo. Foram tidas em conta as escolhas de cada um e as frases que as acompanharam. Amanhã há mais...

Mª de Fátima – Varal 5: Uma indecisão na escolha que é uma inquietação na vida. Temperamento frontal e desassombrado. Viver é seguir em frente. Dar o que temos e o que não temos. Receber o mais possível. A vida são cores fortes.

Li – Varal 7: Simplicidade aparente. Uma personalidade que se interroga e questiona (às vezes demais). A vida está pendurada nas molas do destino. A roupa pode cair, mas ela ficará sempre de pé.
Myra – Varal 7 e 8: As formas, as sombras, as texturas… Uma atitude estética e uma inquietação permanente. Onde acaba o infinito? O que está para além do horizonte? Linhas que se cruzam na palma da mão. Uma abstracção feita de força.

Anónimo I – Varal 6: Um varal clássico. Um valor seguro. A vida é uma rima que se conjuga na felicidade. Uma revelação que se vai descobrindo. Um mistério incógnito no anonimato. Uma personalidade que se decifra na intenção.
Fernanda – Todos os varais: Minha querida, a menina gosta muito do oráculo… ou será que não se quer revelar?

João – Varal 1: Uma âncora de amizade. Uma necessidade de comunicação. Uma vontade de afirmação e aceitação. Viaja sem fronteiras com o Porto no horizonte. Um conceito lúdico de estar. Aprecia valores seguros e tem fortes convicções.
Anónimo II – Varal 7: Uma visão tendencialmente redutora, mas complexa na resolução. A família numa lavagem simbólica. A interiorização do amor num ritual solar. A pureza dos filhos que é a pureza dos ideais.

Peri s. c. – Varal 5: Vontade de saber mais. Ver para dentro do olhar. Uma curiosidade urbana que se interroga. As cores deixam marcas e as marcas não se apagam. A intimidade exposta como reversão judaico-cristã.

Mena – 1: Sol, sal, mar… Os elementos básicos como estabilidade essencial. Agarrar a vida num sabor que tudo alcança. A sensibilidade à flor da pele. Um aparente desprendimento interiorizado numa revolta contida. Vontade de largar amarras.

Mais um fantástico desenho by Tonho, a quem agradeço a colaboração.

23 comments:

byTONHO said...







"AstroGrafologista do Zodíaco Zumbisférico!"

Visão profunda das entrelinhas...

L.L.L. → LI.da LI.vre do LER...

Sábio TUDO!

:o)

João Menéres said...

Fantástica surpresa essa dos ORÁCULOS !

GRANDE, ENORME JORGE !!!

Sempre inovador no EXPRESSO DA LINHA, com um íman que a todos atrai.

Já agora, e não pretendendo abusar da sua clarividência ), não me pode mandar por email os nºs para o EUROMILHÕES da próxima semana ?
Prometo repartir por MUITA GENTE !
Anda por aí tanto dinheiro mal parado...
Como amanhã estou em viagem, só poderei seguir a 2ª parte lá para a noitinha...

Um abraço.

Eduardo P.L said...

Jorge,

para de fotografar, de escrever biografias, ponha um turbante roxo, e ficará um grande milionário! Lê as estrelas como a sua palma da mão! Bravo!

João Menéres said...

TONHO

Que palavras escrever para te dizer que ADOREI o teu VARAL, sem que leves a mal ?

Um abraço e parabéns !

byTONHO said...



Digas o que sentes...
Interfiras "sem te ferir" e a mim!


:o)

Luísa said...

Tou tistinha!
Não tive direito a apreciação dos astros!
Já cá vim, já apaguei!
Já apertei a mola e o varal limpei!
Tou tistinha! Nunca pensei!
Bjnhs

Selena Sartorelo said...

Olá Jorge,

Adorei a brincadeira. Se é que é uma rsrs!!Aguardo nem tão ansiosa assim, mas curiosa demais para saber o que dirá de mim. Se é que dirás rsrs!!!

beijos e me divertindo muito.

expressodalinha said...

Luísa: amanhã há mais. O oráculo é bom, mas tem de jantar :))

Eduardo P.L said...

O Jorge,

aguenta as reclamações da "turminha"....hahaha!!!! Coletivas e Tertulias NUNCA MAIS!!!!!! srsrsr

(:~)

peri s.c. said...

Uma maravilha seu oráculo , Jorge.

Nada de "ler" búzios, cartas de baralhos ou tarôs , bolas de cristal, xícaras de chá, mãos e outros métodos .
Ler varais ! Só não pode funcionar quando chove.

E sofisticado .
Adorei " a intimidade exposta como reversão judaico-cristã " .
Uau !!!!

Anonymous said...

Leu-me a linha da mão
Este garboso cigano
E na sua nítida visão
De mim falou sem engano

Pela maneira de pendurar
Minhas letras num cordel
Foi capaz de decifrar
Que faço rimas a granel

Faço-as como quem viaja
Procurando revelações
Mistérios? Que os haja
Escondidos em alçapões

No Expresso vou "de carona"
O Maquinista é um belo Bruxo
Dá-me sempre boa poltrona
Em rica carruagem de luxo



Por tudo isso agradeço


::))

expressodalinha said...

Eduardo: isto é uma semi-colectiva :))

myra said...

alem de tudo voce agora "le" tbem o que a gente é ou que vc. pensa que é! adorei, e o desenho do Tonho como sempre formidavel!!!!
bjs

Maria de Fátima said...

Olha que eu imaginava tudo deste Jorge, mas nunca vê-lo atravessando as almas da gente (e terá ele pacto com os deuses dos astros...)
Nunca vislumbrei, nem vendo-lhe os olhos em dia de sueste, que tal se desse: a minha alma lida assim, e até parece uma alma sem mácula de pecado andando em arame e atirando flores...pareceu-me ao lê-lo...
Gostei demais Jorge!

Eduardo P.L said...

Jorge,

pois é, até SEMI-COLETIVAS vou encarando.... Aqui e no João!!!! srsrsrsr

Mena G said...

Se montares consultório não precisas de assistente?
:D
Maravilha!

expressodalinha said...

E achas que há clientela por aí por baixo? Abrimos um escritório para turistas... ocidentais.

Maria de Fátima said...

eu aposto no sucesso que terá esse escritório ...e irei viver até para os emirados apenas para, na condição de turista, ser consultada :)

expressodalinha said...

Em tempos de crise... Pode ser que paguem em petróleo.

Li Ferreira Nhan said...

Olha só!
Danado Jorge...
Comigo foi bingo! Na mosca!
;)

Esperei todas as análises pra vir comentar.
Constato vc é o Quiroga de Portugal!
rsrsrs

Adorei toda a idéia!

expressodalinha said...

Quem é Quiroga?

Li Ferreira Nhan said...

http://pt.wikipedia.org/wiki/Oscar_Quiroga

---

http://www.astrologiareal.com.br/

;)

expressodalinha said...

Ah... Ainda tenho de aprender muito :))