19.2.12

PASSATEMPO VARAIS

Estes foram os Varais mais votados, cada um com quatro votos, num total de 18 participantes. À esquerda, um varal de Lisboa (algures no Bairro Alto). À direita, um varal obtido na marina da Ilha Terceira (Açores). Quero agradecer a todos e esperar que ninguém tenha ficado zangado com qualquer avaliação abusiva da minha parte. Uma palavra especial ao Tonho pelos fantásticos desenhos.


19 comments:

maria de fátima said...

ora, Jorge, da tua boca e ainda mais do teu oráculo, nada mais que verdades, custe a quem custar e folgo, sim em saber que um estendal do bairro alto foi dos mais votados ainda amsi com o meu voto

Mena G said...

Foi uma ideia genial esta tua brincadeira! Bora lá montar uma banca ao pé das estátuas do Sebastião, neste Verão! :D

Luísa said...

Olá!
Gostei tanto de udo que publiquei! Levei o seu Porto de Açoreano e postei-o com alma critica...Singela, mas critica!
Beijinho terno pelo empréstimo!
Um bem haja pela diversão!

João Menéres said...

Claro que o Jorge fez uma selectiva e muito cuidada desta pequena amostra dos seus varais.
Todos, cada um no seu estilo ou género, teem muitas qualidades.
Enquantom o do Bairro Alto é um clássico que agrada sem favor, o de Angra do Heroísmo é uma GRANDE IMAGEM merecedora de inspirar um pintor que queira evocar os nossos feitos marítimos.
Reparem no equlíbrio dos volumes
( Matriz e peça de roupa ), no equilíbrio das zonas iluminadas com as zonas mais à sombra !
É uma imagem impossível de se repetir, tal a circunstância com que o Jorge se deparou !!!
E o céu ?
Quantos o valorizaram ?
Não quero de forma alguma menosprezar quem escolheu ou teve preferência por outros varais, mas este é verdadeiramente ÉPICO !!!

João Menéres said...

Como anteriormente já tinha dito, a escolha que o Jorge fez dos varais para este passatempo foi muito criteriosa.
Sem menosprezar os conceitos dos que preferiram o do Bairro Alto, reafirmo que a de Angra do Heroímo é muito mais original e rara de se poder repetir. Além disso, tem um equilíbrio de volumes (´Matriz e peça de roupa ) notáveis, a que não se pode abstrair a importância das zonas iluminadas e das zonas mais à sombra !
É uma imagem com muita força que poderia inspirar um verdadeiro pintor.
Para mim, ainda transmitiu-me uma visão actual das viagens dos nossos grandes navegadores, tanto dos de quinhentos, como dos actuais velejadsores tão medalhados nas grandes competições (Campeonatos Europeus, Mundiais e Jogos Olímpicos ).
Como a classifiquei, é um VARAL ÉPICO !
Mas voto popular, é assim mesmo...

João Menéres said...

Como julguei que este Comentário se tinha evaporado, escrevi outro ( o do dia de ontem, mas, claro, se a IDÉIA se mantém, as palavras não são as mesmas.

expressodalinha said...

E eu agradeço muito. A sua descrição da imagem é inspiradora. De facto são momentos irrepetíveis.
Abraço.

myra said...

eu achei Otimo!!!! e acho que acertou sobre mim:)
bjs

Eduardo P.L said...

Grande ORÁCULO!
Sua coleção de VARAIS é um verdadeiro tesouro sobre o tema!

expressodalinha said...

Obrigado a todos.

expressodalinha said...

Mena: vamos pensar nisso. O país precisa de oráculos :))

expressodalinha said...

Eduardo: a verdade é que só comecei a tirar estas fotos depois de frequentar o Varal de Ideias.

daga said...

gostei muito do passatempo e até da avaliação nada abusiva :))
também preciso de agradecer ao Tonho pelos desenhos incríveis!!

Anonymous said...

Acho eu que ninguém se sentiu "invadido". Aliás, se se sentiu nada se poderá fazer ... afinal de contas, bruxos a preceito viram-nos do avesso e expõem-nos as "mazelas".

Eu gostei da brincadeira. Fico à espera das que se seguirão.

Helena Oneto said...

"Uma visão onírica na distância e na saudade. A “casa portuguesa” como redenção migratória. A necessidade de voltar às raízes. A um “paraíso perdido” mitificado no fado de além-mar. A vida liberta cheiros e cores, medos e esperanças. A vida são escadas que sobem e descem nos bairros de Lisboa."

Eu ganhei esta maxima que me vai como uma luva!!! OBRIGADA Jorge amigo que me "topas" melhor que nimguém:)!!!

João!

Tens razão! A fotografia é um espanto sob todos os angulos! mas o meu lado alfacinha "puxou-me" para a casa portuguêsa... fez-me lembrar os tempos em que vivi no Castelo de São Jorge...

Abraços amigos para todos!

Fernandinha querida,
Como esta o teu primo lindo?:)
Beijinhos

expressodalinha said...

Ainda bem que todos/as gostaram. Quero clientes satisfeitos.

Li Ferreira Nhan said...

Satisfeitíssimos!
Foi ótimo Jorge!

expressodalinha said...

:))

João Menéres said...

HELENA :

Compreendo perfeitamente essas recordações !

Um beijo.