10.4.12

RECORDANDO POSTS - O BACALHAU É NOSSO

A maior descoberta da epopeia portuguesa não foi o caminho marítimo para a Índia. Não foi o "achamento" do Brasil. Nem sequer a chegada à Austrália ou a tomada de Ormuz. Curiosamente, o evento deu-se precisamente no ano em que Cabral esbarrou com terras de Vera Cruz, quando se dirigia para a Índia. Esse evento obscuro ocorreu no bafejado ano de 1500: Gaspar Corte Real atinge a Terra dos Bacalhaus ou Terra Nova e Labrador (actualmente). O que seria de nós sem esta descoberta? O que seria da nossa identidade? A Índia foi-se. O Brasil também. Até a África se perdeu. Mas o bacalhau é nosso! O bacalhau é o que resta do Império Colonial. O último sopro do "Quinto Império". Estranho é a data não ser comemorada. Estranho é haver mais de 1000 receitas de bacalhau e não haver "bacalhau à Gaspar"! Fica a sugestão.

7 comments:

Anonymous said...

Caramba!!!! A gente engorda só ver este blog ... hmmmmmm ... este deu água na boca

Mena G said...

1001, que já inventei outra.
:)

byTONHO said...



BAh! do CA.ra.LHAU!

:o)

CONCEIÇÃO DUARTE said...

Hummmmmmmmmmmmm, mas que divino isto deve ser....

Fatyly said...

Pois, que dizer?, pois...vou falar muito baixinho: NÃO GOSTO DE BACALHAU...não me batam pf:)

Eduardo P.L said...

Grande descoberta a sua Jorge! Vamos tratar de "criar" um Bacalhau à Gaspar! Não é por ser uma descoberta portuguesa, mas por tratar-se do único peixe "sem cabeça" que se conhece, merece todo nosso respeito!

expressodalinha said...

Por cá temos o ministro da crise Gaspar. Só com batatas a murro!