5.8.12

PORTO - MUSEU DE ARTE CONTEMPORÂNEA XII




12 comments:

BRANCAMAR said...

Ontem mesmo estive por Serralves, não só no Museu, como no Parque, é um sítio de que gosto particularmente. De tudo o que o Jorge tem por aqui, em belíssimas fotografias, sem dúvida que me atrai muito Dali, cuja arte e personalidade sempre apreciei.
Há poucos anos esteve no Porto uma sua exposição itinerante, belíssima, de muitos e fantásticos originais, no Palácio do Freixo, a última vez que este abriu ao público depois de recuperado e antes de passar a pertencer às Pousadas de Portugal.

Um abraço
Branca

João Menéres said...

Fui almoçar hoje a Serralves já passava das 14:00 h e, depois, aproveitei para visitar várias exposições. Infelizmente, já não dispunham dos prospectos
( haviam esgotado ).
Não há dúvida que Serralves é UM ENORME SUCESSO !

Não vi nenhuma das exposições que o Jorge aqui apresenta.
Salvo erro, estão outras. Não fui à Inauguração por falta de tempo.
...e não levei a camera. pois não contava ir lá.

Li Ferreira Nhan said...

Tenho muita vontade de conhecer pessoalmente o Serralves e saber mais do seu acervo.
Por hora meu tempo esta curtíssimo e quase somente dedicado aos meus bichos.
beijos

expressodalinha said...

Branca: tem muita sorte em poder desfrutar desse espaço.

expressodalinha said...

João: foi no restaurante que tem buffet?

expressodalinha said...

Li: ainda bem que são só bichos :))

João Menéres said...

Foi, Jorge !

Imagine queaquela hora ( já passava das 14:30 ) ainda estava em jejum !

Servem bem e são atenciosos. Também almoçou lá ?

BRANCAMAR said...

Eu prefiro o salão de chá no Parque, com a esplanada coberta de belíssimas buganvílias e virado para o recinto que era campo de tenis dos ex-proprietários e hoje serve para inúmeros eventos como o Jazz no Parque que decorreu em Julho.

Aliás, ainda hoje não sei se concordo muito com a construção mais recente do Museu de Arte Contemporânea dentro de um Parque daqueles, embora reconheça que o mesmo está relativamente bem integrado e é uma mais valia para a Fundação.

Abraço a todos.

expressodalinha said...

Pois eu fui almoçar à Afurada as tais sardinhas!

João Menéres said...

BRANCA

Na minha opinião, o MAC, do Siza, está perfeitamente integrado naquele FANTÁSTICO parque ( porque é muito mais doque um jardim, reconhrça-se ).
Além disso, o MAC é um sucesso ABSOLUTO e que, por arrasto, leva multidões ( sem o menor exagero ! ) a conhecerem os jardins que, sem essa dupla motivação cultural ( a obra do Siza e as exposições ), dificilmente conheceriam a beleza incalculável dos jardins de Serralves.

Um beijo.

myra said...

pena, pena, pena que nao vou poder nunca ver este Museu!

expressodalinha said...

Concordo inteiramente com o João e, de facto, o enquadramento em nada prejudica a fruição do Parque