14.12.12

MACAU - TURISTA OCIDENTAL - VI


 
Estávamos em 1550.

Nos tempos antigos, Macau era uma pequena povoação. Alguns quarteirões, igrejas e residências. A gente portuguesa era turbulenta e indisciplinada. O Capitão-Mor das viagens da China e do Japão era o responsável pelos assuntos portugueses. A coroa portuguesa ganhou o monopólio do comércio entre a China, o Japão e a Europa. Estávamos em 1550. Macau floresceu.

13 comments:

Li Ferreira Nhan said...

Não fosse pela urupema, pelos balaios e a maneira de pendurar a roupa diria que é em Heliópolis, Vila Prudente ou Paraisópolis (essas eu conheço)
aqui em São Paulo tamanha a semelhança...
30 anos depois Macau floresceu?

myra said...

tbem poderia ser algum lugar no mexico e tbem Rio...beleza

Eduardo P.L said...

Nada como um bom monopólio....

expressodalinha said...

Li: uruquê?

João Menéres said...

JORGE :

URUPEMA é um munícipio do Estado de Santa Catarina...

Um abraço.

João Menéres said...

Não tive tempo para visitar estes bairros...mas a campainha na bicicleta não falta !

expressodalinha said...

LI: E É PARECIDO?

expressodalinha said...

JOÃO: ESTES BAIRROS JÁ NÃO EXISTEM.

Li Ferreira Nhan said...

Urupema é aquela peneira feita de palha ou similar (parecida com aquela da foto, que esta pendurada). O município que o João se refere não faço a mínima idéia; não conheço quase nada abaixo do Paraná.

Li Ferreira Nhan said...

Sim, é muito parecido com as favelas que eu mencionei.

Li Ferreira Nhan said...

Em Macau já não existem. Por aqui multiplicam-se!

expressodalinha said...

Entendi. Penso que este era o bairro dos pescadores. Mas eu nunca fui a Macau!

daga said...

muita pobreza... "floresceu" noutros bairros...