7.12.12

MACAU - TURISTA OCIDENTAL


Em 1985, Roberto Barbosa parte para Macau ao serviço da Fundação Gulbenkian. O seu trabalho é fotografar a cidade para ilustrar a candidatura a Património Mundial da UNESCO. Durante três meses, Roberto Barbosa percorre exaustivamente as ruas de Macau. Fotografa sem parar o bulício da cidade. As vielas mais recônditas. Aqui um velho lendo o jornal. Ali uma mulher nua que se oferece no meio de caracteres indecifráveis. A neblina que esconde um velho junco. Dragões cerimoniais em jardins teatrais. Crianças tímidas atrás de portas misteriosas. Pontes que separam margens. Ilhas ignotas perdidas na monção… Durante esse período, Roberto faz mais de 2000 slides.
Roberto Barbosa morre, subitamente, em 2007. O seu espólio é vasto e está, na sua maioria, por tratar. Centenas de caixas por classificar. À medida que avançamos no trabalho, Macau surge em todo o seu esplendor. Uma visão encantatória de uma cidade que não conheço. De um Oriente misterioso a que nunca fui. Vou viajando naqueles slides de 1985. Viajo por um Macau que já não existe. Viajo pelos olhos cinematográficos do Roberto. Macau passa a ser uma obsessão para mim. Macau é aquilo que vejo? Haverá outro Macau? Preciso descobrir. Descobrir os passos que Roberto percorreu.

Este é o livro. Fotografias impressionistas de um Macau desconhecido. Um diálogo onírico de símbolos. Uma História desvendada. Uma peregrinação imaginária.
A partir de hoje, começarei a editar diariamente o catálogo da exposição.

13 comments:

Silvares said...

Fico curioso. A coisa promete.

daga said...

leva-nos então à descoberta de Macau, daquele que tu vês através das fotos do Roberto... o outro fica para a imaginação.

Eduardo P.L said...

OBA!!! Quero acompanhar.

Li Ferreira Nhan said...

"Os dois" olhares de Macau!
Maravilha!

João Menéres said...

Afinal, Jorge, hoje não consegui arranjar tempo !
Fica para amanhã...

Um abraço e as minhas desculpas.

Mena G said...

Sempre aqui!

myra said...

vai ser muito muito bom!

Fatyly said...

Vindo de ti só poderá ser mesmo genial!

Claire said...

Jorge, posso fazer copias/colas?

peri s.c. said...

Jorge, que beleza esse seu trabalho ! Parabéns ! O Roberto, esteja onde estiver, se estiver, está feliz.

expressodalinha said...

Sim Claire.

Claire said...

Jorge, esta exposição vai a Macau certo? E Lisboa??? na casa de Macau Ou museu do oriente?

Li Ferreira Nhan said...

Olá Jorge.
Hoje vi essa imagem (no link abaixo) fotografada esses dias por uma jornalista brasileira que está de férias na Ásia. Imediatamente lembrei dessa outra foto do Roberto.
Gosto quando uma imagem puxa outra, mesmo havendo um grande espaço de tempo e por pessoas que nunca se conheceram. Essas coisas que se conectam pelo mundo e nem se sabe como.
O link da imagem:
https://www.instagram.com/p/Bb2Of-Ulnw2/

Espero que você esteja bem.
bjs