5.1.13

MACAU - TURISTA OCIDENTAL - XIX


Nove filhos tem o dragão.
Olhos de tigre. Corpo de serpente. Patas de águia. Orelhas de boi. Rei dos mares. Mestre dos ares. Dono da terra. Senhor da criação. Nove filhos tem o dragão. Energia que tudo destrói. Força que tudo transforma. Renascer permanente. E a dança segue. Ondulando na perseguição da pérola sagrada. Eterna busca da sabedoria.

12 comments:

João Menéres said...

Folgo verificar que tem o Picasa apto !

( Voltarei mais tarde )

expressodalinha said...

Não está, mas fui por um atalho.

xunandinha said...

É são culturas muito estranhas,em danças e trajes é uma maravilha para a nossa vista cansada de fazer contas,mas em questão a gastronomia, acho que emagrecia de vez,um bom Ano amigo

João Menéres said...

Convém informar a XUNANDINHA que em Macau há restaurantes portugueses...

Já disse ( não sei onde ) que quando assisti à entrada de um ano chinês, não consegui fazer nada de jeito, embora etivesse sentado no chão na 1º fila.
Já me não lembro se o problema residiu na objectiva escolhida...

João Menéres said...

Sei lá como se mete prós atalhos !

Só AVENIDAS...

expressodalinha said...

João: é o problema de ter muitas objectivas :))

expressodalinha said...

Xunandinha: ainda hoje fui comer a um chinês magnífico.

myra said...

tantas cores fico deslumbrada!!!!!

João Menéres said...

Pois...mas mais vale ter muitas do que nenhuma.

eheheh

daga said...

gosto do texto e do dragão :))

Mena G said...

UI! Tou vendo tudo e gosto de tuso. Só não consigo ter frease certa para comentar tudo... Muito bom, Jorge!

expressodalinha said...

Obrigado.