18.1.13

MACAU - TURISTA OCIDENTAL - XXXII


Começou num incidente

Tudo começou num incidente irrelevante. Uma licença para uma escola popular que tardava em ser concedida. As autoridades portuguesas agiram com violência desproporcionada. A imprensa chinesa amplificou. Os protestos cresceram. As manifestações sucederam-se. O governo de Macau ficou debaixo de fogo, esqueceu o diálogo e a diplomacia. As tensões exacerbaram-se. As posições extremaram-se. 

7 comments:

João Menéres said...

Lá como cá ! Os media, sobretudo a imprensa, "AMA" sangue !

Outra imagem do Roberto para vermos que caminhos trilhou !

Anonymous said...

Jorge,
parabéns pelos 5 anos de Expresso. Estamos esperando então seu livro. Terminei de ler ontem o livro do Eduardo, logo enviarei minhas impressões,rs. Estou gostando de ler sobre Macau.
Abraço
madoka

expressodalinha said...

Madoka: obrigado pelo seu comentário. Ainda bem que está gostando. Bj.

daga said...

"tudo começou", tudo é o quê? o conflito entre a China e o governo de Macau?

expressodalinha said...

Graça: como se verá a seguir...

myra said...

continua....

daga said...

peço desculpa... é a minha impaciência :p