1.11.13

OPERAÇÃO CAÇÃO - XVII

Idalécia ia no seu melhor vestido. Talvez mais próprio para um casamento do que para um jantar informal. Esticou as pestanas num rimel exagerado e sombreou os olhos de preto. O decote avançou num arrojo profundo. Idalécia apostava tudo nos olhos e nos seios. Encontraram-se no “Restaurante da Praia do Camilo”, a caminho da Ponta da Piedade. O Sol afundava-se no mar azul. Por baixo, as rochas macias e amarelas das recortadas falésias argilosas. Uma vista infinita de cortar a respiração. Pediram amêijoas e bife de espadarte. Riram mais do que falaram. Melzek mantinha-se prudente. Pouco ou nada disse da sua vida pessoal. Apenas que era solteiro e trabalhava na área do petróleo. Morava em Frankfurt e estava de férias prolongadas.
(Continua)

7 comments:

João Menéres said...

Não conheço ( pela via pedonal ) essa costa bem junto ao mar.

Jorge Pinheiro said...

é magnífica.

myra said...

e lindissima esta foto!!!!

Eduardo P.L. said...

E o conto ( ilustrado ) continua...

daga said...

a foto simboliza a felicidade de Idalécia apesar do mistério que os rodeia...muito belo!
palavras para quê?

Jorge Pinheiro said...

Talvez a ilusão...

daga said...

sim a ilusão...muito bom!