1.2.12

HISTÓRIA DE MACAU - XI

A situação evoluíra muito desde a assinatura do Tratado de Amizade e Comércio Sino-Português, em 1887. A China começara a emergir como um colosso mundial. Hong Kong afirmara-se como o grande entreposto financeiro do oriente. Macau, beneficiando da sua situação privilegiada e de um enorme jogo de cintura, acabou por fazer das fraquezas forças. Logo em 1847, o jogo é legalizado. Ainda no século XIX, o comércio dos cules (fornecimento a terceiros de mão-de-obra chinesa barata) e do comércio do chá, reanimam a economia. Depois foi a concessão de monopólios a privados, ficando o governo a receber uma renda fixa. O monopólio do ópio faz fortunas. Só viria a ser ilegalizado, por pressão internacional, em 1947, data em que o governo encerrou oficialmente os fumatórios.

6 comments:

CONCEIÇÃO DUARTE said...

Super interessante isso. E tão atual...tão atual....

expressodalinha said...

Completamente actual. Portugal devia era legalizar o jogo e droga para sair do aperto. E uns cules lusitanos é a tal emigração :))

Sandra said...

Bem curioso.
Passei para deixar um abraço e dizer que ando um pouco ausentes das visita. Mas que não esqueço os amigos do coração.
É sempre bom voltar e rever os grandes amigos.
Um grande abraço até mais,
Carinhosamente,
Sandra

Eduardo P.L said...

Vejo um Varal, como armário, na gravura!

byTONHO said...



Que DROGA!
Dr. o gado está doente...
Dr. o gás acabou... já dizia o secretário ao Dr.Og Ado!

Joguei!

:o)

expressodalinha said...

Varais e estendais. A droga está na higiene?