24.1.13

MACAU - TURISTA OCIDENTAL - XXXVIII



A pérola mais preciosa

A transferência da soberania de Macau entre Portugal e a China aconteceu a 20 de Dezembro de 1999. Macau reencontrou o seu destino. A economia de Macau reforçou-se, assente no turismo e no jogo. Hoje, reconhecer esse Macau antigo é uma tarefa quase arqueológica. Macau, mais do que um sítio, é um conceito. Um conceito que vive na diáspora de si própria. Um Oriente que esconde a sua pérola mais preciosa. 

5 comments:

João Menéres said...

Excelente a luz que incide sobre a fachada da Igreja de S. Paulo ( único elemento que perdura após o incêndio de 1595 ). Há quem diga que o incêndio ocorreu em 1835. Não possuo fontes que me assegurem a data verdadeira.
Esta fachada é um dos dois exemplares da Arquitectura Barroca em toda a China.

Aplausos continuados para o Roberto !

Fatyly said...

Fotos e textos tão realistas.

Gostei!

daga said...

o passado glorioso ergue-se solitário entre a monotonia, sujidade e vulgaridade de um presente mesquinho.

expressodalinha said...

Graça: é muito evidente nesta foto.

expressodalinha said...

João: o incêndio foi em 1835 e começou nas cozinhas do Colégio de S. Paulo, tendo depois alastrado à Igreja da Madre de Deus (que o verdadeiro nome desta igreja).