18.2.13

ABECEDÁRIO DE MYRA - K

O "k" é impositivo, pretencioso e inútil. Muito quadrado, muito rectilíneo. O "k" é germanófilo, quase nazi. Os países latinos modificam-lhe o visual. Introduzem-lhe curvas sonoras. "Kaiser" é "César". "Que" não é "k". O Twitter deu-lhe nova vida no absurdo redux da abreviatura escrita. A verdade é que o "k" não entra na redacção de coisa alguma. É uma não-letra.

6 comments:

Li Ferreira Nhan said...

O pior são as risadas de potássio!


Que K Myra... Mravilha

João Menéres said...

E como seria o WhisKy, Jorge ?

myra said...

sim,Jorge, eu tambem noa gostotanto, mas tive qe por:)))

Eduardo P.L. said...

Kada uma!!!

Mena G said...

a não ser: kkkkk, risada de chat... Ora, tem utilidade!

expressodalinha said...

KKKKK tb para ti :))